Doña Clotilde

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Doña Clotilde (Bruja del 71)
br: Dona Clotilde (Bruxa do 71)
Língua original Espanhol
Morada Vila, 71
Origem México
Cabelo Branco
Olhos Preto
Dublagem Helena Samara (Brasil)
Temporada(s) 1972-1992
Série Chaves
Primeira aparição Quem canta, seus males espanta (A Festa da Boa Vizinhança) (1972)
Última aparição Américas e Fenômenos (1992)
Interpretado por Angelines Fernández
Projecto Televisão  · Portal Televisão

Doña Clotilde, (Dona Clotilde, no Brasil) também conhecida como Bruxa do 71 (Bruja del 71, na versão original), é uma personagem criada por Chespirito para a série Chaves. Foi interpretada pela atriz madrilenha Angelines Fernández.

Apaixonada por Seu Madruga, sempre tenta conquistá-lo, preparando várias comidas gostosas, de sobremesas a frangos assados. As comidas costumam ser visadas e roubadas pelas crianças da vila. As mesmas costumam fazer piadas e demonstrar medo dela devido à sua aparência envelhecida e sua peruca azul (assim como seu longo vestido), fazendo com que ficasse conhecida como "Bruxa do 71", devido ao fato de morar na residência de número 71, próxima à de Dona Florinda. O interior de sua casa foi mostrado (filmado por dentro) apenas uma vez em 1983 no episodio semelhante "Espiritos Zombeteiros" com Jaiminho no lugar de Seu Madruga, aliás a casa de Dona Clotilde é bem maior por dentro do que por fora e é tão bonita e mobilhada quanto a casa de dona florinda.

Clotilde, em certo ponto da história, possuiu um pequeno cachorro chamado "Satanás", que ficava escondido em sua casa devido a uma proibição apoiada ferrenhamente por Dona Florinda, que abominava animais e crianças pequenas na vila, chegando a pregar cartazes explicitando as proibições, consideradas ridículas por Dona Clotilde, que, mesmo com uma situação financeira tão boa quanto a de Florinda, não se considerava superior aos outros, como a vizinha.

Apesar de ser apelidada de bruxa e consequentemente ser considerada maligna pelas crianças, na realidade Clotilde é uma senhora muito boa e generosa (sem qualquer "poder mágico" ou "habilidade sobrenatural") e uma das pessoas mais decentes da vila.

No episódio "A Venda da vila", é citado que Dona Clotilde foi a última a chegar a vila, mas a primeira a vir ao mundo, segundo Chaves.

Bordões[editar | editar código-fonte]

  • É melhor não dizer nada.
  • Quem é bruxa? / Eu não sou nenhuma bruxa! / Como? / Chamou quem de bruxa?
  • É você, Satanás?
  • Dudu / Gatão / Galã

Relacionamento com outros personagens[editar | editar código-fonte]

  • Seu Madruga (Don Ramón): Dona Clotilde é completamente apaixonada por Seu Madruga. Ela lhe prepara alimentos (tais como doces e salgados), utilizando seus dotes culinários como meio de atraí-lo. Muitas vezes, os alimentos são visados e roubados pelas crianças (muitas vezes por acharem que há feitiçaria entre os ingredientes). Ele (apesar de às vezes chamá-la de bruxa sem querer) sempre a trata bem e a respeita pelo fato dela ser uma senhora de idade. Em contrapartida, Seu Madruga fica sem jeito e sempre busca evitar qualquer aproximação maior com a velha senhora.
  • Chiquinha (La Chilindrina): Clotilde, apesar da afeição por Madruga, sabe que se casasse com ele, teria de suportar Chiquinha e as travessuras da mesma. Chiquinha acredita que Clotilde é realmente uma bruxa e que tem o poder para enfeitiçar seu pai, então tenta fazer de tudo para evitar que os dois tenham algum contato. Vive armando para cima da velha senhora e costuma chamá-la de bruxa(assim como qualquer outra criança da vizinhança) e roubar as comidas preparadas para Madruga, a fim de este não se alimentar de estas; mas geralmente é o próprio Madruga que recebe uma bronca pela suposta má educação que dá a sua filha, mas de contrapartida, a "bruxa" diz que pode ajudá-lo nesse aspecto, se casando com Seu Madruga, e tenta conquistar Chiquinha a fim de chegar ao coração de Madruga. Algumas vezes ofereceu doces para a travessa garota.
  • Chaves e todas as outras crianças: Na crença das crianças, Clotilde é uma perigosa e psicopata feiticeira e procura amaldiçoar qualquer que cruze seu caminho. Costumam xingá-la (não só de bruxa, mas utilizam-se de outros apelidos, geralmente voltados à sua idade avançada) e geralmente estão visando e roubando os alimentos preparados por ela, a fim de evitar que alguém (geralmente Seu Madruga) os consuma. Clotilde costuma se irritar facilmente com as crianças da vila, porém tenta manter a maior calma possível e às vezes tenta provar o contrário, bem tratando as crianças a fim de conquistar sua simpatia.
  • Dona Florinda: Com esta geralmente tem uma amizade e inimizade ao mesmo tempo; não suporta quando ela bate em seu Madruga, mas já chegaram a colaborar entre si em algum episódios para resolverem problemas com relação à vila. As duas já chegaram a bater em seu Madruga ao mesmo tempo, como no episódio "O Ratinho do Quico", por causa de um rato; ou como no episódio "A Perna Quebrada", pela brincadeira de Quico ter dito que Chaves havia sido atropelado e que Seu Madruga estava arrecadando fundos para o "funeral"(verdadeiramente bem intencionado). Com essa relação de amor e ódio entre as duas, são consideradas as velhas da vila.
  • Sr. Barriga: Apesar de não ser comum vê-los juntos, Sr. Barriga é uma das pessoas mais estimadas por Clotilde, visto que é um homem sério, decidido e trabalhador (além de obviamente possuir bens materiais notáveis como seu peso, de acordo com as crianças). Ainda assim, implica com este quando há certas pendências relacionadas à vila. Apesar de seu maior objetivo amoroso ser com Madruga, Clotilde também possui uma queda por Barriga, vendo neste alguma possibilidade de ser correspondida amorosamente, inclusive pelo fato deste ser casado, mas sua esposa ser uma pessoa ocupada e estar sempre ausente. Tenta métodos iguais aos que faz com Madruga, uma vez em que pediu a permissão de Barriga para utilizar-se de sua cozinha. Ambos têm coisas em comum, como o fato de serem constantemente apelidados pelas crianças (as quais fazem piadas para com o peso de Barriga, assim como com a idade de Clotilde).
  • Professor Girafales: Assim como com Sr. Barriga, é difícil vê-los juntos. Clotilde possui por Girafales, uma afeição um tanto semelhante a que possui por Barriga, obviamente analisando as qualidades deste em especial quando se trata deste (inteligência, habilidades, etc.), ou seja, vê em Girafales a mesma chance de aproximação que vê em Barriga e em qualquer homem. Clotilde só não tolera os maus tratos de Girafales para com Madruga e as indiretas relacionadas à idade dela.
  • Glória: Desde que chegou à vila, Glória não é suportada por Clotilde devido a Madruga preferir a nova vizinha. Provavelmente, em seu subconsciente, Clotilde inveja a juventude e beleza de Glória, além de sua simpatia ser um tanto contagiante, atraindo outros homens da vila (inclusive o Professor Girafales). Tanto que Clotilde é grosseira para com Glória, e às vezes chega a agredir Madruga, quando este mostra interesse em Glória(no que, pelo que parece, ele é correspondido). É muito difícil ver as duas em harmonia.
  • Paty: Clotilde tem por Paty a mesma repulsa que tem por Glória, sendo grosseira com a tal menina pelo fato desta receber educação de Glória, dando a entender que a menina é mal-educada. Em troca, Paty também dá indiretas quando à idade de Clotilde, além de também chamá-la de bruxa. É muito difícil ver as duas em harmonia.
  • Jaiminho: Clotilde tem uma relação de respeito e amizade para com Jaiminho, pelo fato de ambos serem muito bem vividos e terem várias experiências na vida a compartilhar. Clotilde ainda possui uma queda por Jaiminho, e ele parece ser o único que realmente corresponde à velha senhora, por mais que às vezes também fuja desta. Durante o tempo em que Seu Madruga se afastou do seriado, Clotilde começa a paquerar Jaiminho. Mesmo assim, Jaiminho às vezes solta as mesmas indiretas sobre Clotilde feitas pelos demais personagens.