Dogue de Bordéus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dogue de Bordeaux
Dogue de Bordeaux balrog5.jpg
Outros nomes Dogue de Bordeaux
País de origem  França
Características
Classificação e padrões
Federação Cinológica Internacional
Grupo 2
Seção 2 - Cães de tipo pinscher e schnauzer, molossoides, cães montanheses e boieiros suíços - Molossóides
Estalão #116 14 de abril de 1995

O dogue de Bordeaux é um molosso de origem francesa muito utilizado como cão de guarda. "Nascida" no sudoeste desta nação, precisamente na região de Bordéus, esta raça possui como prováveis ascendentes o buldogue inglês ????? , o dogue de Burgos ????? e o mastim do Tibet ?????. Todavia, já que não há precisão nos dados, existe ainda a teoria de que teria aparecido na Grécia ?????, sendo mais adiante utilizada pelos romanos para o entretenimento circense ou para as batalhas.[1]

Seu temperamento é descrito como territorial, protetor e fiel. Sua aparência é de um cão potente. Seu olhar é descrito como penetrante e o tamanho de sua cabeça impressiona. Foi cruzado com caninos de grande porte para amedrontar e espantar. Pode chegar aos 75 cm e pesar 65 kg. Sua pelagem é fina, curta e suave ao toque. Entre suas principais características físicas estão ainda suas rugas, resultado de sua pele solta.[1]


Tirando as fantasias históricas e as pseudo-teorias, de acordo com o livro "Livre de la Chasse", escrito por volta de 1380, por Gaston Febus, conde de Foix, um conde francês cuja diversão era a caça, o Dogue de Bordeaux, na realidade, era conhecido como "Alaunt Veutrerer", ou Alaão de caça.

Um pouco de História : No ano de 1154, Eleanor de Aquitânea, filha de Guilherme X de Aquitânia e rainha da França, casou-se com o rei Henrique II (1133-1189), o primeiro rei Plantageneta da Inglaterra. A partir daí toda a corte inglesa transferiu-se para Aquitânea, uma região no sul da França, próxima à Bordeaux. Nesta transferência, todos os cães de caça ( Alaunts ) da corte inglesa foram para esta região. Historicamente, esta foi a forma pela qual o Alaunt Veutrerer, o Alaão de caça, foi aparecer na França, mais precisamente, em Bordeaux.

Estes cães, ( Alaunt of the Bucheries, Alaunt Gentil, e o Alaunt Veutrerer, entrarams na europa no século V, quando um povo conhecido como Alans, depois de terem sido expulsos da região do Caucaso pelos Hunos, invadiram a europa levando esses cães ( juntamente com os Vândalos, que vieram da Africa ). Estes são fatos comprovados Historicamente.

Nas gravuras dos livros da idade média, pode-se constatar um cão marrom, grande, de focinho curto, usado nas caçadas, que teria sido o ancestral do atual Dogue de Bordeaux. Acredita-se também, que tanto o Dogue de Bordeaux, como o Buldogue Americano foram os precursores dos buldogues modernos.

No site www.bulldoginformation.com, encontramos as seguintes informações :

"Edmond de Langley was master of the game and of the hawks to Henry IV, and in his treatise he described the Alaunt or Allen as a dog with a large, short, and thick head and short muzzle, which was remarkable for his courage, so that when he attacked an animal he hung on, and which was used in bull-baiting."

Mais ainda : "Geoffrey Chaucer, the father of English poetry, wrote "Knight's Tale", about the same time (1390), and extolled the Alaunt therein as a dog of great size, strength, and courage, used in the chase of the lion and the bear. There can be very little doubt that the French Alant of Gaston de Foix were one and the same dog, the French Alant being the descendent of the English Alaunts exported to Bordeaux, and in turn the ancestor, without any doubt".

Pela descrição, pelas gravuras da idade média, pelos fatos Históricos e pelos livros escritos na época, podemos ver claramente a origem do Dogue de Bordeaux.

Tanto no livro "The Bulldog a Monograph", de Edgard Farman, quanto no livro "The new complete Bulldog", de Col. Bailey C. Hanes, ambos reconhecem que o Alaunt é o precursor direto dos buldogues modernos.

Referências

  1. a b Dogeu de Bordéus Revista Instinto. Visitado em 19 de maio de 2011.

Predefinição:The Bulldog a Monograph", Edgard Farman - ( escrito no final do século XIX. )

Predefinição:The new complete Bulldog", Col. Bailey C. Hanes

Predefinição:"History of Fighting Dogs", Dr. Dieter Fleig

Predefinição:"The Master of the Game", Edward of Norwich, II Duque de York ( escrito entre 1407 e 1413 - Tradução do francês p/ o inglês do "Livre de la Chasse")

Predefinição:"The World of Fighting Dogs", Dr. Carl Semencic


{ http://www.bulldoginformation.com }}


Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Dogue de Bordéus
Ícone de esboço Este artigo sobre cães, integrado ao Projeto Cães é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.