Dojo kun

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Dojo kun (道场 训, Dōjō kun?) é o conjunto de regras a ser seguido pelos praticantes de caratê.[1] É inspirado no Bushido. Diz-se que foi compilado forma atual por Kanga Sakukawa, aproximadamente em 1750 e seriam obra original do monge budista Bodhidharma, ainda na Índia, antigamente eram mais de 20 regras, mas um sensei conseguiu resumir apenas em cinco, para os ocidentais também as poderem aprender.[2]

São normalmente recitados no começo e no fim das aulas de caratê no dojo (local de treinamento). Sendo que o escopo é reforçar na mente dos praticantes a ideia de que a arte marcial é antes de tudo um instrumento de aperfeiçoamento pessoal, um modelo (de perseverança e temperança) que se deve levar para a vida cotidiana. Estes preceitos representam os ideais filosóficos do caratê e são atribuídos a um grande mestre da arte do século XVIII, chamado Tode Sakugawa.[3]


Dojo kun
  • 一、人格完成に努むること
HITOTSU! JINKAKU KANSEI NI TSUTOMURU KOTO!
Primeiro, Esforçar-se para a formação do caráter!

Significa que quem o recita deseja formar uma personalidade de valor

  • 一、誠の道を守ること
HITOTSU! MAKOTO NO MICHI O MAMORU KOTO!
Primeiro, Fidelidade para com o verdadeiro caminho da razão!

Significa que quem recita tem é em si mesmo e valoriza a honestidade

  • 一、努力の精神を養うこと
HITOTSU! DORYOKU NO SEISHIN O YASHINAU KOTO!
Primeiro, Criar o intuito do esforço

Significa que quem o recita tem a intenção de se esforçar cada vez mais pelos seus objetivos

  • 一、礼儀を重んずること
HITOTSU! REIGI O OMONZURU KOTO!
Primeiro, Respeito acima de tudo

Significa que quem o recita valoriza os bons costumes e obedece seus superiores e as autoridades

  • 一、血気の勇を戒むること
HITOTSU! KEKKI NO YU O IMASHIMURU KOTO!
Primeiro, Conter o espírito de agressão

Significa que quem o recita condena a violência motivada pelo ímpeto

Em japonês, o Dojo Kun sempre começa com a palavra Hitotsu (primeiro), pois, para o pai do caratê, todos os preceitos são importantes e devem ser exercidos igualmente.

Referências

  1. DojoKun. Visitado em 19.dez.2010.
  2. Sakugawa's Dojo Kun: The History of the Okinawan Code of Conduct (em inglês). Visitado em 24.set.2011.
  3. Groenewol, Mark Adrian. Karate the Japanese Way. Victoria: Usagi/Trafford, 2002. p. 131-132. ISBN 1-55396-845-2.
Ícone de esboço Este artigo sobre caratê é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.