Domínio da Índia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dominion of India
União da Índia

Domínio da Comunidade das Nações

British Raj Red Ensign.svg
 
Flag of Portuguese India (Proposal).png
1947 – 1950 Flag of India.svg
Flag Brasão
Bandeira Brasão
Localização de Índia
Continente Ásia
Capital Nova Delhi
Língua oficial hindi, inglês, outras 21 línguas oficiais
Governo monarquia
Rei da Índia
 • 1947-1950 George VI
História
 • 1947 a 1948 de {{{ano_evento_anterior}}} Guerra Indo-Paquistanesa
 • 15 de Agosto de 1947 Independência da Índia
 • 26 de Janeiro de 1950 Constituição da Índia
Moeda Rupia Indiana
Membro de: Commonwealth, ONU

A União da Índia, também conhecida como Domínio da India, foi um Estado independente que existiu entre 15 de Agosto de 1947 e 26 de Janeiro de 1950. Seu território corresponde à atual Índia, com exceção dos territórios do Estado Português da Índia, que seriam incorporados em 1961.

Quando a ocupação britânica na Índia acabou em 1947, dois domínios foram criados para a suceder: a União da Índia e o Domínio do Paquistão. Criado pelo Ato da Independência Indiana de 1947 no qual foi promulgado pelo parlamento britânico, esses estados existiram até a promulgação de suas constituições individuais. No cado da Índia, isso ocorreu em 26 de Janeiro de 1950; a República da Índia veio a existir nessa data.

Durante a fase de domínio, a monarquia britânica se renomeou chefe de Estado de ambos os países e foi representada em cada pelo governador-geral. Dois governadores-gerais assumiram o posto durante o período de domínio:

  1. Louis Mountbatten, 1.º Conde Mountbatten de Burma (194748)
  2. Chakravarti Rajagopalachari (194850)

Jawaharlal Nehru assumiu como primeiro-ministro (e chefe de governo) da União da Índia durante esse período.