Dom Pedro (Maranhão)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Dom Pedro
Bandeira de Dom Pedro
Brasão desconhecido
Bandeira Brasão desconhecido
Hino
Fundação 9 de dezembro de 1952
Gentílico dompedrense
Prefeito(a) Hernando Dias de Macêdo (PCdoB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Dom Pedro
Localização de Dom Pedro no Maranhão
Dom Pedro está localizado em: Brasil
Dom Pedro
Localização de Dom Pedro no Brasil
05° 01' 58" S 44° 26' 09" O05° 01' 58" S 44° 26' 09" O
Unidade federativa  Maranhão
Mesorregião Centro Maranhense IBGE/2008[1]
Microrregião Presidente Dutra IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Ao norte: Santo Antônio dos Lopes e Codó; a leste: Governador Archer; ao sul: Presidente Dutra, Graça Aranha, Governador Eugênio Barros, Gonçalves Dias e Governador Archer; e a oeste: Santo Antônio dos Lopes.
Distância até a capital 324 km
Características geográficas
Área 369,964 km² [2]
População 22 673 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 61,28 hab./km²
Altitude 143 m
Clima tropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,634 médio PNUD/2000[4]
PIB R$ 78 140,027 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 3 537,03 IBGE/2008[5]
Página oficial

Dom Pedro é um município brasileiro do estado do Maranhão. Sua população é de 22.673 habitantes (Censo 2010). Dom Pedro é um dos municípios abrangidos pela pesquisa sísmica realizado pela OGX em busca de gás natural.

História[editar | editar código-fonte]

Até o ano de 1915 o conjunto de terras que hoje constitui o município de Dom Pedro era apenas uma área isolada, inculta e quase desabitada de Codó. Conhecido primitivamente como Mata de Nascimento, denominação inspirada na natureza da região e na figura de seu primeiro povoador, o lavrador Manoel Nascimento, seu primeiro habitante que ali chegou por volta de 1915, Dom Pedro tornou-se município pela Lei Nº 815, de 9 de dezembro de 1952.

Ficheiro:Igreja Matriz Dom Pedro MA.jpg
Igreja Matriz de Dom Pedro

O desbravamento da região, entretanto, somente se deu com a chegada, em 1917, de Manoel Bernadino de Oliveira, que atraiu para o local inúmeros aventureiros, sobre os quais soube manter consolidada liderança. Em 1922 registrou-se no povoado um fato lamentável, quando inúmeros lavradores foram fuzilados pela força volante comandada pelo tenente Henrique Dias, sob a alegação de que precisavam de um "corretivo", já que haviam insurgido contra as deliberações tomadas pela administração municipal de Codó, em cujo território estava inclusa a povoação. Passou o povoado à categoria de vila em 1931, sob a denominação de Vila Pedro II, nome mudado em 1943 para Dom Pedro, em razão de já existir no Piauí uma cidade de idêntica denominação. A Lei nº 815, de 9 de dezembro de 1952, criou finalmente o município de Dom Pedro, desmembrado de Codó, cuja instalação oficial se deu em 1 de janeiro de 1953.[6]

Turismo[editar | editar código-fonte]

Entre as atrações turísticas da cidade, destacam-se:

  • Açude Lourenção;
  • Cachoeira do Açude Lourenção;
  • Festa de Nossa Senhora de Nazaré. Padroeira do Município, celebrada no período de 31 de agosto a 8 de setembro;
  • As manifestações folclóricas estão registradas nas seguintes danças: mangaba, bumba-meu-boi, tambor de crioula;
  • Carnaval fora de época.
  • Baneário Camará

Educação[editar | editar código-fonte]

A educação do município de Dom Pedro merece destaque tanto na rede pública como na rede privada, as escolas particulares Associação Educacional Professora Noronha - AEPRON e Centro de Ensino Kolping - CEK são referências no ensino integral em toda a região. A escola estadual Centro de Ensino Ana Isabel Tavares - CEAIT é destaque e tem conseguido bons resultados nas olimpíadas estaduais e nacionais e o número de discentes com um bom desempenho no ENEM aumenta a cada ano. A escola municipal TIA LUCRÉCIA também merece destaque dentre as demais, quem comprova são os seus índices. A cidade também abriga a escola Governador Luís Rocha, famosa por ter boa parte de alunos matriculados.

Economia[editar | editar código-fonte]

Muitas empresas como a SIMTRAL que é uma empresa do setor moveleiro que abrange grande parte das regiões norte e nordeste, além da Acredinorte que são um conjunto de lojas de móveis, materiais de construção e variedades contribuem para o desenvolvimento da cidade. A rodovia que praticamente atravessa a cidade a BR-135 também é importante, pois é onde passa boa parte da produção da região.

Administração[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  6. IBGE - cidades@ - Histórico - DOM PEDRO (ma). ibge.gov.br. Página visitada em 8 de junho de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Maranhão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.