Dominique Moceanu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dominique Moceanu
Informações pessoais
Nome completo Dominique Helena Moceanu
Modalidade Ginástica artística feminina
Representante Estados Unidos
Nascimento 30 de setembro de 1981 (33 anos)
Hollywood, Los Angeles
Nacionalidade Estados Unidos estadunidense
Nível sênior
Clube Karolyi's > Moceanu Gymnastics > CGA
Período em atividade 19922006

Dominique Helena Moceanu (Hollywood, 30 de setembro de 1981) foi uma ginasta estadunidense integrante da equipe dos Estados Unidos campeã olímpica por equipes nos Jogos Olímpicos de Verão de 1996 em Atlanta.

Descendente de imigrantes romenos, começou a treinar ginástica aos dez anos com o técnico Béla Károlyi, quando se mudou para a Flórida.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Nascida em Hollywood, Dominique é filha de Dimitru e Camelia, e tem uma irmã chamada Christina.[1] Seus pais, que foram ginastas na Romênia, a inspiraram seguir carreira. Enquanto a menina ainda aprendia a andar, os pais a deixaram pendurar-se pela casa para verem sua força. Aos três, em Illinois, começou a ter aulas de ginástica. Mais tarde, sua família mudou-se para Houston, para que a jovem, agora aos nove anos, pudesse treinar com Béla Károlyi.[2] [3]

Em 1992, aos onze anos, deu-se sua estreia em competições internacionais pela equipe júnior do país – O Campeonato Pan-Americano, no qual conquistou cinco medalhas – foi ouro por equipes, barras assimétricas, salto e solo, e prata no individual geral.[1] [4] Dois anos mais tarde, sob os cuidados de Károlyi, Moceanu tornou-se campeã júnior nacional. Em 1995, agora como sênior e ainda por completar catorze anos, Dominique tornou-se a ginasta mais jovem a competir pela equipe norte-americana[2] e conquistar medalha, além de ser a única atleta a conquistar uma individual para Estados Unidos, na trave (prata), no Campeonato Mundial de Sabae. No ano posterior, antes dos Jogos Olímpicos, a ginasta publicou um livro, intitulado Dominique Moceanu: An American Champion, uma autobiografia que chegou a sétima colocação no ranking de best sellers do New York Times.[5]

Para os Jogos de Atlanta, em 1996, Helena era esperada por muitos como uma das maiores esperanças de medalhas para o país.[6] Contudo, ao encerrar em 13º lugar o Campeonato Nacional Americano, uma fratura na tíbia direita fora diagnosticada.[6] Esta lesão a impediu de participar do Pré-Olímpico. Todavia, suas notas no Campeonato Nacional a permitiram participar das Olimpíadas “em casa”.[7] Durante as disputas, ainda que lesionada, Dominique contribuiu para a conquista da medalha de ouro por equipes, ao lado das compatriotas Shannon Miller, Jaycie Phelps, Amy Chow, Amanda Borden, Dominique Dawes e Kerri Strug. Mais tarde, participando do concurso geral no lugar da machucada Kerri Strug, Dominique finalizou a última rotação na nona colocação. Nas outras duas finais – trave e solo – também não levou medalhas, por cometer falhas graves durante as execuções dos exercícios – como a queda da trave de quilíbrio.[8] [9] Após o encerramento dos Jogos e da turnê gímnica que envolveu cem cidade, Helena retirou-se dos cuidados dos Károlyis e passou a treinar no Moceanu Gymnastics, o ginásio construído por sua família.[2] No ano seguinte, fora da forma dos Jogos, a atleta encerrou sua participação no Campeonato Nacional na nona colocação. No evento internacional do Campeonato Mundial de Lausanne, junto a uma nova equipe, Moceanu foi escolhida a capitã. As norte-americanas, no entanto, não conseguiram medalhas, nem por equipe, nem individuais. Em 1998, de volta à forma, agora sob os cuidados de Luminita Miscenco, Dominique desenvolveu uma técnica mais limpa e elegante.[2] Eleita integrante da equipe norte-americana, a ginasta disputou os Jogos da Amizade e tornou-se a única a conquistar uma medalha para a esquadra – o ouro do individual geral, superando Svetlana Khorkina, Simona Amanar e Elena Produnova.[1] No final deste ano, Moceanu foi notícia novamente: Para sair do controle dos pais – financeira e emocionalmente – a ginasta pediu e conquistou a emancipação.[10]

Em 2000, agora treinando com Mary Lee Tracy na CGA (Cincinnati Gymnastics Academy), Dominique encerrou o Nacional na oitava colocação, classificando-se para o Pré-Olímpico. Contudo, um lesão no joelho retirou suas possibilidades de participação.[11] [12] No encerrar deste ano, Moceanu participou de um tour de exibição pós-olímpico,[13] repetido ao final da Olimpíada seguinte, em Atenas na Grécia, chamado "Rock N' Roll Gymnastics Championships".[14] Após quase cinco anos afastada das competições de elite gímnicas, Dominique anunciou seu retorno, em meados de 2005. No entanto, uma lesão a manteve fora das disputas nacionais, fazendo-a apenas permanecer empenhada aos treinos e especializando-se no solo e no salto .[2] Um ano mais tarde, a ginasta participou do U.S Classics, mas não obteve classificação para o Campeonato Nacional.[15] Depois deste episódio, Dominique Moceanu encerrou sua carreira em definitivo.

No dia 4 de novembro de 2006, a já ex-ginasta casou-se com o namorado Michael Canales, em Houston, no Texas.[16] Em 25 de dezembro de 2007, o casal teve sua primeira filha, Carmen Noel Canales.[17] Seu segundo nasceu em março de 2009.[18] Não abandonando o desporto, Dominique trabalha como treinadora na cidade onde vive e formou-se na Universidade John Carroll no mesmo ano do nascimento de seu segundo filho, Vincent, na primavera norte-americana.[19] Em 2010, fora inserida no U.S Gymnastics Hall of Fame.[20]

Principais resultados[editar | editar código-fonte]

Ano Evento AA Equipe Salto sobre o cavalo Trave Barras assimétricas Solo
1991 U.S Classic (júnior) Medalha de bronze
1992 Campeonato Pan-Americano Júnior Medalha de prata Medalha de ouro Medalha de ouro Medalha de ouro Medalha de ouro
1994 Campeonato Nacional Americano (júnior) Medalha de ouro
1995 Campeonato Nacional Americano Medalha de bronze
Visa Challenger Medalha de ouro Medalha de ouro Medalha de bronze Medalha de bronze Medalha de prata Medalha de ouro
World Trials Medalha de ouro
Campeonato Mundial de Ginástica Artística Medalha de prata Medalha de bronze
1996 Nacional Coca-Cola Medalha de bronze
Jogos Olímpicos Medalha de ouro
1997 Campeonato Mundial de Ginástica Artística
1998 Campeonato Nacional Americano Medalha de ouro
Jogos da Amizade Medalha de ouro
2000 Campeonato Nacional Americano

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c Perfil – Dominique Moceanu (em inglês) USA Gymnastics.
  2. a b c d e Even at Age 13, a Storybook Career Is Emerging (em inglês) The New York Times. Visitado em 15 de fevereiro de 2009.
  3. IG Online interview: Dominique Mocean (em inglês) International Gymnast. Visitado em 15 de fevereiro de 2009.
  4. Raymond, Nancy. Chatting with Jennie and Dominique (em inglês) International Gymnast. Visitado em 1-02-20095.
  5. MOCEANU, Dominique. Dominique Moceanu : An American Champion., ditado para Steve Woodward. Ed. BT/Yearing. Estados Unidos, 1995. ISBN 0613076354
  6. a b Aaron, Jamie. The Next Nadia? (em inglês) Associated Press. Visitado em 15 de fevereiro de 2009.
  7. Star-studded Women's team heads for Atlanta (em inglês) USA Gymnastics press release. Visitado em 15 de fevereiro de 2009.
  8. Weinberg, Rick. Kerri Strug fights off pain, helps U.S. win gold (em inglês) ESPN. Visitado em 15 de fevereiro de 2009.
  9. Event finals notes (em inglês) USA Gymnastics.
  10. Longman, Jere. Gymnast Moceanu Gets Order Of Protection Against Father (em inglês) The New York Times. Visitado em 15 de fevereiro de 2009.
  11. Transcript of Moceanu press conference (em inglês) USA Gymnastics. Visitado em 15 de fevereiro de 2009.
  12. Roberts, Selena. Injured Moceanu forced out of competition (em inglês) The New York Times. Visitado em 15 de fevereiro de 2009.
  13. Burnside, Mary Wade. After Success In 1996, Gymnastics Tour Looks For Even Bigger Results (em inglês) Amusement Business. Visitado em 15 de fevereiro de 2005.
  14. Swift, E.M. After the Gold Rush (em inglês) Sports Illustrated/CNN. Visitado em 15 de fevereiro de 2009.
  15. Moceanu grievance denied (em inglês) International Gymnast. Visitado em 15 de fevereiro de 2009.
  16. Haederle, Michael. Gymnast Dominique Moceanu gets married (em inglês) People. Visitado em 15 de fevereiro de 2009.
  17. Gymnast Dominique Moceanu Has a Baby Girl (em inglês) People. Visitado em 15 de fevereiro de 2009.
  18. Latest news > Februar - March 2009 (em inglês) GymnasticGreats (março de 2009). Visitado em 15 de agosto de 2009.
  19. Parris, Jannifer. CBB Exclusive: Going for (baby) gold with Olympic gold medalist Dominique Moceanu (em inglês) Celebrity Baby Blog. Visitado em 15 de fevereiro de 2009.
  20. USA Gymnastics names 2010 Hall of Fame inductees (em inglês) TeamUSA. Visitado em 29 de março de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]