Don't Stop the Party

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde dezembro de 2011).
Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
"Don't Stop the Party"
Single de The Black Eyed Peas
do álbum The Beginning
Lado B "The Situation"[1]
Lançamento 24 de junho de 2011
(ver histórico de lançamento)
Formato(s) CD Single, download digital
Gravação 2010
Gênero(s) Electro house, trance
Duração 6:07 (versão do álbum)
4:00 (radio edit)
Gravadora(s) Interscope
Composição Will.i.am, Allan Pineda, Jaime Gomez, Stacy Ferguson, Joshua Alvarez, Damien LeRoy
Produção DJ Ammo, will.i.am
Cronologia de singles de The Black Eyed Peas
Último
Último
"Just Can't Get Enough"
(2011)
XOXOXO(2011)
Próximo
Próximo
Cronologia faixas de The Beginning
Último
Último
"Fashion Beats"
(7)
"Do It Like This"
(9)
Próximo
Próximo

"Don't Stop the Party" é o terceiro single do álbum The Beginning, do grupo de hip hop The Black Eyed Peas. A canção foi escrita pelos membros will.i.am, Allan Pineda, Jaime Gomez e Stacy Fergunson, juntamente com Joshua Alvarez e LeRoy, sendo produzido por will.i.am e o DJ Ammo para o sexto álbum de estúdio do grupo, The Beginning. A canção foi descrita como um "hot club jam", características do rapper Will.i.am, um dialeto do Caribe.[2] Ele recebeu críticas musicais, alguns criticando o uso de jogo de palavras de will.i.am e, considerando-a como "apenas uma canção de pista de dança"; mas outros acharam que a música foi "emocionante e uma faixa estrondosa".[3] [4] [5] [6] A canção tornou-se um sucesso em países como Brasil, Austrália, França e Grécia. No entanto, a canção se tornou o single da banda com menos sucesso nas paradas musicais nos Estados Unidos, chegando à posição de número #86.

Antecedentes e composição[editar | editar código-fonte]

Esta é umas das três canções de The Beginning produzidas por Damien "DJ Ammo" LeRoy; as outras duas foram "The Time (Dirty Bit)" e "Do It Like This".[2] O terceiro single de The Beginning foi anunciado no site oficial do Black Eyed Peas em 9 de maio de 2011.[7] Descrito como "buzzing, hot club jam", apresenta sintetizadores whooshing e slaps com ranhuras de funk. Se vê um manejo na canção de Will.i.am, as "letras" de rap, "digital", "indígenas" e com "partes sexuais" em uma espessura, com gírias do Caribe. É a maior faixa de duração do álbum, com cerca de mais de 6 minutos.[8] O membro do Black Eyed Pease, Will.i.am, disse à revista Spin que ele se orgulha bastante da música que ele mesmo toca para Jay-Z. "Gostaria de ir para o estúdio de Jay-Z e tocar, como 'Boom! Check it out!'", disse o cantor. "Então, eu a sujo na última estrofe".[8]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

The Black Eyed Peas cantando "Don't Stop the Party" em Walmart Meeting, 2011

Monica Herrera escreveu para a Billboard que "a música é habilmente produzida, mas os problemas surgem quando Will.i.am afirma o seu jogo de palavras". Na faixa "Don't Stop the Party, ele bate no peito, dizendo: "Te matarei com a minha letra/Chama-se verbo criminal". É um orgulho tolo de um artista que claramente se concentra nas batidas ao longo das rimas, e é provável que seja melhor para ele.[3] Andy Gill escreveu para o The Independent que, com os riffs "ferruginosos" dos sintetizadores, uma batida electro, com ranhuras no som grave cuja obstinação é sinalizada por títulos como "Don't Stop the Party".[4] Uma crítica positiva veio de Bill Lamb, editor da About.com, dizendo: "BEP impulsiona o rítmo em que solicitam "Don't Stop the Party". Lamb disse que will.i.am começa a falar novamente sobre o futuro, e com certeza nos encontramos no meio de uma quebra futurística de um som trance. A festa atinge seu pico cerca de cinco minutos da música, sendo emocionante.[9] Outra reação positiva veio de John Bush, editor da allmusic, que foi para dizer que a canção é um momento disperso de respeitabilidade, escolhendo-a como "AMG Pick".[5] Gavin Martin escreveu para o jornal Daily Mirror que a operação ambiciosa de "Don't Stop the Party" cede lugar a um breve intervalo aterrorizante que é mais ou menos uma declaração de guerra sonora de "tremer a terra".[10]

Video da música[editar | editar código-fonte]

Brasil, local onde foi filmado o vídeo musical.

O vídeo da música, que é dirigido por Ben Mor, apresenta o grupo em palco e também os seus bastidores durante a turnê The E.N.D. World Tour no Brasil em 2010, e foi liberado para o iTunes e YouTube/VEVO em 10 de maio de 2011.[11] [12]

Ao lado de imagens ao vivo da turnê, o vídeo apresenta também imagens panorâmicas de paisagens brasileiras e da vida da cidade. A seção de encerramento do vídeo documenta uma visita a uma loja de discos brasileira, durante o qual close-ups de registros por José Roberto Bertrami, Afrika Bambaataa & The Soulsonic Force, Carlos Malcolm e Di Melo são mostrados.

Performances ao vivo[editar | editar código-fonte]

The Black Eyed Peas cantou "Don't Stop the Party" ao vivo no The Paul O'Grady Show em 13 de maio de 2011. Foi parte de seu set list no Radio 1's Big Weekend de 2011. Em 17 de maio de 2011, o grupo também executou a canção na edição francesa do X-Factor. Em 24 de maio, a banda estava na 12ª temporada de Dancing with the Stars para executar a canção. A canção está incluído ao set list oficial da turnê promocional de The Beginning World Tour.

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

Download digital
  1. "Don't Stop the Party" - 6:07
CD single na Alemanha
  1. "Don't Stop the Party" (Radio Edit) – 4:00
  2. "The Situation" (Album Version) – 3:47

Gráficos e certificações[editar | editar código-fonte]

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

País Data Formato Gravadora
Austrália[39] 9 de maio de 2011 Contemporary Hit Radio Universal Music
Alemanha[40] 24 de junho de 2011 CD single Universal Music
Estados Unidos[41] 28 de junho de 2011 Mainstream radio Interscope Records

Referências

  1. http://www.amazon.de/dp/B00530GMRW
  2. a b "Don't Stop the Party by Black Eyed Peas - Songfacts", 12-11-2010. Página visitada em 13-05-2011.
  3. a b Herrera, Monica (19-11-2010). The Black Eyed Peas, "The Beginning" | Billboard.com Billboard. Visitado em 13-11-2011.
  4. a b Gill, Andy. "Album: Black Eyed Peas, The Beginning (Interscope/Polydor) - Reviews, Music - The Independent", The Independant, 26-11-2010. Página visitada em 13-05-2011.
  5. a b Bush, John. The Beginning - The Black Eyed Peas Allmusic Rovi Corporation. Visitado em 13-05-2011.
  6. Vozick-Levinson, Simon (24-11-2010). The Beginning | Music | EW.com Entertainment Weekly. Visitado em 13-05-2011.
  7. BEPnews. "The next BEP single is....", 09-05-2011. Página visitada em 13-05-2011.
  8. a b O'Donell, Kevin. "Will.i.am Breaks Down Black Eyed Peas' New Disc", 10-11-2010. Página visitada em 13-05-2011.
  9. Lamb, Bill. "Black Eyed Peas' Exhilarating Tour of Dance Pop Beginnings", 10-11-2010. Página visitada em 13-05-2011.
  10. Martin, Gavin (26-11-2010). The Black Eyed Peas - The Beginning album review: Welcome to spinal rap - mirror.co.uk The Daily Mirror. Visitado em 13-05-2011.
  11. "Apple - iTunes - Download Don't Stop the Party by Black Eyed Peas". iTunes - Apple Inc. (10-05-2011). Página visitada em 04-12-2011.
  12. Corner, Lewis."Black Eyed Peas unveil new music video - Music News - Digital Spy". Digital Spy. Página visitada em 04-12-2011.
  13. German Airplay Chart, Retrieved on 2011-06-03
  14. Australian charts
  15. Austrian charts
  16. ultratop.be (Flanders)
  17. ultratop.be (Valônia)
  18. a b (dezembro de 2011) "Billboard Brasil Hot 100 Airplay". Billboard Brasil. Brasil: BPP.
  19. http://www.billboard.com/#/charts/canadian-hot-100?order=gainer
  20. "Archive Chart". Scottish Singles Top 40. The Official Charts Company.
  21. SNS IFPI. (em eslovaco). Hitparáda – Radio Top100 Oficiálna. IFPI Czech Republic.
  22. Lescharts
  23. Dutch charts
  24. "Archívum – Slágerlisták – MAHASZ – Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége". (em húngaro). Dance Top 40 lista. Hanglemezkiadók Szövetsége.
  25. Archívum – Slágerlisták – MAHASZ – Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége". (em húngaro). Rádiós Top 40 játszási lista. Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége.
  26. "Chart Track". Irish Singles Chart. Irish Recorded Music Association.
  27. Charts.org.nz
  28. "BLACK EYED PEAS DONT STOP THE PARTY POLISH". ZPAV.
  29. "Dance Chart :: Listy bestsellerów, wyróżnienia :: Związek Producentów Audio-Video". (em polonês). ZPAV.
  30. Hitparade
  31. "Archive Chart". UK Dance Chart. The Official Charts Company.
  32. "Archive Chart". UK Singles Chart.
  33. "Britney Spears Bounds Into Hot 100's Top 10, LMFAO Still No. 1". Billboard. Prometheus Global Media.
  34. http://www.billboard.com/charts/hot-100#/column/chartbeat/chart-highlights-country-christian-songs-1005271102.story
  35. "Just Can't Get Enough - Black Eyed Peas". Billboard. Prometheus Global Media.
  36. Top 50 Singles Chart Australian Recording Industry Association. Visitado em 04-12-2011.
  37. Ultratop Certifications Ultratop. Visitado em 04-12-2011.
  38. Awards 2011 IFPI. Visitado em 04-12-2011.
  39. http://www.themusicnetwork.com/music-releases/singles/2011/05/10/issue--835/
  40. The Black Eyed Peas - Detail - Don't stop the party - (CD Single) - Universal Music Universal Music Entertainment GmbH. Visitado em 04-12-2011.
  41. Top 40/M Future Releases All Access Music Group (28-06-2011). Visitado em 04-12-2011.


Ícone de esboço Este artigo sobre um single é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.