Don Ameche

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Don Ameche
Ameche em 1964
Nome completo Dominic Felix Amici
Nascimento 31 de maio de 1908
Kenosha, Estados Unidos Wisconsin
Morte 6 de dezembro de 1993 (85 anos)
Scottsdale, Arizona,  Estados Unidos
Ocupação Ator
Cônjuge Honore Prendergast (de 1932 a 1986)
Atividade 1935 - 1993
Oscares da Academia
1986 - Cocoon
IMDb: (inglês)

Don Ameche, nome artístico de Dominic Felix Amici (Kenosha, 31 de maio de 1908Scottsdale, 6 de dezembro de 1993) foi um ator estadunidense.

Ator versátil, foi muito popular como ator de cinema e apresentador de rádio nas décadas de 1930 e 1940.

Biografia[editar | editar código-fonte]

O início[editar | editar código-fonte]

Don Ameche (Dominic Felix Amici) nasceu em 31 de maio de 1908, em Kenosha, Wisconsin, filho de um imigrante italiano cuja esposa era descendente de alemães e escoceses, Don era o primeiro de quatro irmãos e quatro irmãs. Ao estudar na universidade de Direito começou a interessar-se pela carreira teatral, iniciou carreira na Brodway em 1929 devido à sua voz maravilhosa transformou-se em um ator bem sucedido na rádio NBC.[1]

O estrelato[editar | editar código-fonte]

Em 1935, foi descoberto pelo produtor Darryl F. Zanuck da 20th Century Fox e começou sua longa carreira no cinema, com notável popularidade a partir da Década de 1940, ao contracenar com Carmen Miranda em comédias musicais como Serenata Tropical (1940), Uma Noite no Rio (1941), e Serenata Boêmia (1944).

Atuou em papéis de galã sedutor e fez parceria em filmes com Loretta Young (Ramona/1936, Mulheres Enamoradas/1936, Romance Entre Balas /1937, e Quem Ama… Castiga!/1937), Betty Grable (Sob o Luar de Miami/1941) e Alice Faye (Hollywood em Desfile/1939).[2]

Outros filmes importantes na sua carreira foram No velho Chicago (1937), com Tyrone Power.

Quando sua popularidade diminuiu nos anos 50, continuou fazendo teatro e televisão. Sua carreira ressurgiu nos anos 80, quando fez o papel de um milionário idoso em Trocando as Bolas (1983) e de um idoso rejuvenescido em Cocoon (1985), papel que lhe rendeu um prêmio Oscar da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas na categoria de melhor ator (coadjuvante/secundário).

Em 8 de fevereiro de 1960, foi homenageado com duas estrelas na Calçada da Fama de Hollywood, uma por seu trabalho no rádio e outra na categoria televisão.[3]

Morte[editar | editar código-fonte]

Ameche morreu em 6 de dezembro de 1993 vitima de um câncer de próstata com 85 anos de idade. Ele foi cremado e suas cinzas estão enterradas na Resurrection Catholic Cemetery em Asbury, Iowa.[4]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Todos os títulos em português dos filmes estrangeiros referem-se a exibições no Brasil.
Don Ameche com Carmen Miranda em Uma Noite no Rio, (1941).
  • Corina, uma Babá Perfeita (1994)
  • Sunstroke (1992)
  • Um Homem à Beira de Um Ataque de Nervos (1992)
  • Our Shining Moment (1991)
  • Oscar - Minha Filha Quer Casar (1991)
  • Oddball Hall (1990)
  • Cocoon II - O Regresso (1988)
  • As Coisas Mudam (1988)
  • Um Príncipe em Nova York (1988)
  • Um Hóspede do Barulho (1987)
  • A Masterpiece of Murder (1986)
  • Cocoon (1985)
  • Not in Front of the Kids (1984)
  • Trocando as Bolas (1983)
  • The Chinese Typewriter (1979)
  • Gidget Gets Married (1972)
  • Columbo: Suitable for Framing (1971) (episódio)
  • Shepherd's Flock (1971)
  • Vamos Fazer a Guerra? (1970)
  • Marinheiros Desastrados (1970)
  • Shadow Over Elveron (1968)
  • Picture Mommy Dead (1966)
  • Escândalos Ocultos (1961)
  • Phantom Caravan (1954)
  • Era Somente Amor (1949)
  • Sonha, Meu Amor (1948)
  • A Última Esperança (1947)
  • Amor Tempestuoso (1946)
  • Esposa de Dois Maridos (1945)
  • Está no Papo (1945)
  • Serenata Boêmia (1944)
  • Uma Asa e uma Prece (1944)
  • Filho Querido (1943)
  • O Diabo Disse Não (1943)
  • Canta, Coração! (1943)
  • Cuidado com as Saias (1942)
  • Assim Vivo Eu… (1942)
  • Confirm or Deny (1941)
  • Ciúme não é Pecado (1941)
  • Garota de Encomenda (1941)
  • Sob o Luar de Miami (1941)
  • Uma Noite no Rio (1941)
  • Serenata Tropical (1940)
  • Quatro Filhos (1940)
  • A Bela Lillian Russel (1940)
  • Coração de Trovador (1939)
  • Hollywood em Desfile (1939)
  • A Vida de Alexander Graham Bell (1939)
  • Meia-Noite (1939)
  • Os Três Mosqueteiros (1939)
  • A Ilha dos Destinos (1938)
  • Josette (1938)
  • Epopéia do Jazz (1938)
  • Feliz Aterrisagem (1938)
  • Romance Entre Balas (1937)
  • Aí Vem o Amor (1937)
  • Cupido ao Volante (1937)
  • Quem Ama… Castiga! (1937)
  • No velho Chicago (1937)
  • A Rainha do Patim (1936)
  • Mulheres Enamoradas (1936)
  • Ramona (1936)
  • Tortura de um Pai (1936)
  • A Nave de Satã (1935)
  • A Conquista da Índia (1935)[5] [6]

Prêmios e homenagens[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Trabalho Categoria Resultado
1986 Oscar Cocoon Óscar de melhor ator secundário Venceu
1988 Copa Volpi no Festival de Veneza As Coisas Mudam Melhor Ator Venceu
Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o


Referências

  1. Nostalgia BR - DON AMECHE Nostalgiabr.com.
  2. Memorial da Fama - Don Ameche Memorialdafama.com.
  3. Don Ameche na Calçada da Fama (em inglês) Calçada da Fama.
  4. PETER B. FLINT (8 de dezembro de 1993). Don Ameche Is Dead at 85; Oscar Winner for 'Cocoon' (em inglês) The New York Times. Walkoffame.com. Página visitada em 14 de abril de 2014.
  5. Cinema Clássico - Filmografia de Don Ameche Cinemaclassico.com.
  6. Don Ameche - Filmografia no IMDb (em inglês) Internet Movie Database. Imdb.com.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]