Dona Inês

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikitext.svg
Este artigo ou seção precisa ser wikificado (desde outubro de 2011).
Por favor ajude a formatar este artigo de acordo com as diretrizes estabelecidas no livro de estilo.
Município de Dona Inês
Bandeira desconhecida
Brasão de Dona Inês
Bandeira desconhecida Brasão
Hino
Aniversário 17 novembro
Fundação 1850
Gentílico donainesense
Lema Semeando um futuro melhor!
Prefeito(a) Antonio Justino de Araújo Neto (PSB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Dona Inês
Localização de Dona Inês na Paraíba
Dona Inês está localizado em: Brasil
Dona Inês
Localização de Dona Inês no Brasil
06° 37' 04" S 35° 37' 55" O06° 37' 04" S 35° 37' 55" O
Unidade federativa  Paraíba
Mesorregião Agreste Paraibano IBGE/2008 [1]
Microrregião Curimataú Oriental IBGE/2008 [1]
Região metropolitana Araruna/Solânea
Municípios limítrofes norte: Campo de Santana; sul: Bananeiras e Solânea; oeste: Araruna, Cacimba de Dentro e Riachão; leste: Belém
Distância até a capital 160 km
Características geográficas
Área 132,445 km² [2]
População 110,517 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 0,83 hab./km²
Altitude 480 m
Clima tropical[4]  As'
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,551 baixo PNUD/2000 [5]
PIB R$ 36 768,993 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 3 300,04 IBGE/2008[6]
Página oficial

Dona Inês é um município brasileiro no estado da Paraíba localizado na microrregião do Curimataú Oriental. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no ano de 2006 sua população era estimada em 11.400 habitantes. Área territorial de 132 km².

Geografia[editar | editar código-fonte]

O município está inserido na unidade geoambiental dos Serrotes, Inselbergues e Maciços Residuais. As altitudes variam de 200 a 500 metros, com a presença de grandes penhascos rochosos]][7] .

O município está incluído na área geográfica de abrangência do semiárido brasileiro, definida pelo Ministério da Integração Nacional em 2005.[8] Esta delimitação tem como critérios o índice pluviométrico, o índice de aridez e o risco de seca. O clima é quente, com período chuvoso entre fevereiro e agosto. A pluviosidade média é cerca de 750 mm[7] .

A vegetação nativa consiste de caatinga hipoxerófila, com algumas áreas de floresta caducifólia[7] .

O município está inserido na bacia hidrográfica do rio Curimataú. Os principais tributários são o rio Curimataú e o riacho da Vaca Morta, todos de regime intermitente[7] .

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  4. Xavier, KRF, Análise florística e fitossociológica em dois fragmentos da floresta serrana do município de Dona Inês, Paraíba. Dissertação de Mestrado, UFPB, março de 2009.
  5. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  6. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
  7. a b c d Diagnóstico do município de Dona Inês Projeto Águas Subterrâneas Ministério das Minas e Energia (2005). Visitado em 12 de outubro de 2011.
  8. Ministério da Integração Nacional, 2005. Nova delimitação do semiárido brasileiro.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios da Paraíba é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.