Donovan's Reef

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Donovan's Reef
A Taberna do Irlandês (PT)
Os Aventureiros do Pacífico (BR)
 Estados Unidos
1963 • cor • 109 min 
Direção John Ford
Roteiro James Edward Grant
Frank S. Nugent
Elenco John Wayne
Lee Marvin
Jack Warden
Elizabeth Allen
Género drama
Idioma língua inglesa
Página no IMDb (em inglês)

Donovan's Reef (Os Aventureiros do Pacífico (título no Brasil) ou A Taberna do Irlandês (título em Portugal)) é um filme estadunidense de 1963 do gênero comédia, dirigido por John Ford. O filme foi o último da parceira do diretor com John Wayne. As filmagens ocorreram em Kauai, Havai. Turistas continuam visitando os cenários naturais celebrizados pelo filme, mesmo havendo decorridas décadas da produção.

Elenco principal[editar | editar código-fonte]

  • John Wayne…Michael Patrick "Guns" Donovan
  • Elizabeth Allen…Amelia Dedham
  • Lee Marvin…Thomas Aloysius "Boats" Gilhooley
  • Jack Warden…Dr. William Dedham
  • Cesar Romero…Marquêz Andre de Lage, o governador francês da ilha
  • Dorothy Lamour…Senhorita Lafleur, namorada de Gilhooley
  • Edgar Buchanan…Procurador Francis X. O'Brien
  • Jacqueline Malouf…Lelani Dedham, a filha mais velha do Dr. Dedham, herdeira do trono de princesa da ilha que fora de sua mãe.
  • Cherylene Lee…Sally Dedham, a filha menor
  • Jeffrey Byron…Luke Dedham, o filho caçula do doutor
  • Marcel Dalio…Padre Cluzeot

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme começa com Thomas Gilhooley retornando à ilha paradisíaca de Haleakaloha (fictícia) na Polinésia Francesa. Ele é um ex-marinheiro que lutou na marinha americana da II Guerra Mundial, quando então conheceu o local. Na ilha estão mais dois companheiros seus, que voltaram depois da guerra: o irlandês e agora comerciante Michael "Guns" Donovan, que mantém um saloon local, o "Donovan's Reef"; e o médico William "Doc" Dedham. Gilhooley tem uma rixa com Donovan, embora nenhum dos dois se lembre porquê. E toda vez que se encontram há confusão e brigas. Também não ajuda muito o fato de Gilhooley, um freguês assíduo e depois empregado do saloon, estar constantemente embriagado.

Os dois e mais os nativos se unem para ajudar "Doc" (que está em outra ilha, atendendo um paciente), pois ficam sabendo que sua filha estadunidense Amelia Dedham está para chegar, disposta a fazer com que ele autorize ela a assumir a presidência da rica companhia da família em Boston. Eles acham que Amelia não pode saber que possui meio-irmãos nativos (Doc se casara com uma princesa local, agora falecida) e tentam enganá-la, fazendo com que Doc se passe por "tio" dos filhos, enquanto Donovan finge ser o pai.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • O nome da ilha "Haleakaloha", pode ser traduzida na linguagem havaiana por "lar do riso e do amor" (hale = lar, aka = riso, aloha = amor). Amelia chegou de um barco que veio de Honolulu, indicando a proximidade do Havai, então pertencente à Polinésia Francesa.
  • Outras linguagens ouvidas no filme: Inglês, francês, chinês (mandarim) e japonês (falado por Yoshi e Koshi, caseiros do doutor).
  • O roteiro cometeu um erro histórico: a Polinésia francesa fica 4.000 quilômetros do limite máximo da expansão japonesa no Pacífico, ou seja, não houve confrontos militares da Segunda Guerra Mundial nessa região, ao contrário do que é falado no filme.
  • John Wayne interpretou um personagem chamado Wedge Donovan em The Fighting Seabees, que tinha o título alternativo de Donovan's Army ("O exército de Donovan").
  • Um dos barcos de propriedade de Donovan se chama "Innisfree", que é o nome da cidade da Irlanda para onde o personagem de Wayne retornou no filme "The Quiet Man" (br.: Depois do vendaval).
  • Numa cena famosa, a da celebração do Natal, são mostradas as diferentes culturas de imigrantes que chegaram à região: dentre os três reis magos estão um chines e um estadunidense (Lee Marvin com um ramo na cabeça, parecendo a Estátua da Liberdade, e um toca-discos na mão, talvez numa alusão a Thomas Edison)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]