Dopey Dicks

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde abril de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros, acadêmico)Yahoo!Bing.
Dopey Dicks
Miolos moles (BR)
 Estados Unidos
1950 • pb • 15 min 
Direção Edward Bernds
Roteiro Elwood Ullman
Elenco Moe Howard
Larry Fine
Shemp Howard
Christine McIntyre
Philip Van Zandt
Stanley Price
Género Comédia
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

Dopey Dicks (br.: Miolos moles) é um filme de curta metragem estadunidense de 1950, dirigido por Edward Bernds. É o 122º de um total de 190 filmes da série com os Três Patetas produzida pela Columbia Pictures entre 1934 e 1959.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Os Três Patetas são zeladores que carregam mobílias e objetos para um escritório de detetives. Shemp começa a fantasiar em ser um detetive e se senta na cadeira do mesmo quando aparece pela porta uma assustada loira (Christine McIntyre) que lhe pede ajuda pois está sendo seguida. O trio sai da sala procurando pelo perseguidor enquanto a mulher começa a escrever um bilhete mas não o termina pois é capturada por uma figura misteriosa. Ao retornarem sem encontrar nada, os Patetas também não avistam a mulher. Seguindo a pista deixada no bilhete, eles se dirigem a uma casa escura na Mortuary Road, local onde um cientista louco (Philip Van Zandt) prepara um exército de homens-robôs. O experimento fracassa pois o autônomo anda sem direção e perde a cabeça ao se chocar contra objetos. O cientista conta ao seu mordomo sua ideia para corrigir a falha: colocar cabeças humanas nos robôs. Nesse momento, os Patetas chegam e o mordomo os convida para entrar. Moe é levado ao laboratório onde por pouco não perde a cabeça. Larry e Shemp procuram pela mulher e este a encontra amarrada. Ela lhe conta sobre o cientista ser um foragido do hospital para doentes mentais. Shemp vai até o telefone e tenta ligar para os médicos mas vê o robô sem cabeça e corre assustado. Larry foge dos bandidos e se esconde embaixo de uma mesa. Quando Shemp entra, Larry olha por um buraco da mesa e Shemp, ao vê-lo, pensa que a cabeça do amigo foi cortada. Ainda perseguidos pelo cientista e pelo mordomo, os Três Patetas e a mulher saem da casa e pedem carona a um carro que passava. Eles pensam que estão salvos até que percebem, horrorizados, que o motorista é o robô sem cabeça.

Citações[editar | editar código-fonte]

  • Shemp: "Essa é a minha chance de ser um detetive de verdade! Aquela pobre criança está encrencada!"
  • Moe: "Bem, Sherlock, como vai resolver esse caso?"
  • Shemp: "Eu usarei meus miolos!"
  • Moe: "Agora ela está realmente com problemas..."

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]