Dorothea Orem

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Dorothea Elizabeth Orem (Baltimore, Maryland – EUA, 1914 - 22 de junho de 2007) foi uma enfermeira e empresária estadounidense. Seu pai era trabalhador de construção civil e pescador; sua mãe dona de casa. Iniciou sua carreira profissional em enfermagem na Escola de Enfermagem do "Providence Hospital Washington – EUA". Concluiu o curso de enfermagem em 1930 e o mestrado em enfermagem no ano de 1939 e o mestrado em ciências da educação em enfermagem em 1945, pela Universidade Católica da América. Recebeu vários títulos e graus honoríficos, inclusive o de Doutora em Enfermagem. Iniciou os estudos a respeito da sua teoria em 1958.

Obra (seleção)[editar | editar código-fonte]

Filosofia Central[editar | editar código-fonte]

O teoria de Enfermagem de Orem foi desenvolvida entre 1959 a 1985. Baseia-se na premissa que os pacientes podem cuidar de si próprios. Primariamente usada em reabilitação e cuidados primários, onde o paciente é encorajado a ser independente o máximo possível. O modelo de Orem é baseado em que todos os pacientes desejam cuidar de si próprios.

Requisitos de autocuidado[editar | editar código-fonte]

Requisitos de autocuidados são grupos de necessidades que Orem identificou. São classificados como:

  • Requisitos Universais - aqueles que todos têm
  • Requisitos de desenvolvimento de autocuidado - aqueles que relacionados com o desenvolvimento individual
  • Requisitos de desvio de saúde - aqueles resultantes de condições dos pacientes

Déficits de autocuidado[editar | editar código-fonte]

Quando um indivíduo é incapaz de cumprir seus requisitos de autocuidado, um déficit ocorre. É o trabalho do Enfermeiro determinar esses déficits, e definir as modalidades de suporte.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.