Douglas Bader

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sir Douglas Robert Steuart Bader
Douglas-Bader-on-wingLG.jpg
Bader na asa de seu Hurricane, 1940
Nascimento 21 de fevereiro de 1910
St. John's Wood, Londres, Inglaterra
Morte 5 de setembro de 1982
Chiswick, Londres, Inglaterra
País  Reino Unido
Força RAF
Anos em serviço 1928–1933, 1939–1946

Sir Douglas Robert Steuart Bader CBE (21 de fevereiro de 19105 de setembro de 1982) foi um ás da aviação da Real Força Aérea Real (RAF) durante a Segunda Guerra Mundial, creditado por abater 22 aeronaves alemãs.[1]

Entrou para a RAF em 1928, acidentando-se em 14 de dezembro de 1931 num pista de aterragem próxim de Reading, acidente esse em que perdeu as duas pernas. Depois de recuperar do seu grave estado, estando mesmo às portas da morte voltou ao treino, passou nos testes de admissão e tentou permanecer na RAF, mas foi afastado por questões médicas em 30 de abril de 1933. Com o início da Segunda Guerra Mundial em 1939, foi reintegrado nas forças armadas e requisitou sua transferência para a RAF. Integrado num esquadrão aéreo em 1940, Bader abateu os primeiros inimigos sobre Dunquerque, durante a Batalha da França.[2]

Durante a Batalha da Grã-Bretanha, Bader tornou-se amigo e apoiante de Trafford Leigh-Mallory e sua nova táctica de combate aéreo chamada de "Big Wing", o que o levou a entrar em conflito com o Vice-Marechal-do-Ar Keith Park. Em 1941 a RAF adotou uma posição mais ofensiva, e Bader participou de incursões aéreas sobre diversas partes da Europa antes de ser obrigado a realizar um pouso forçado em território francês sob ocupação nazista. Capturado, passou o resto da guerra como prisioneiro, causando problemas para seus captores e efetuando diversas tentativas de fuga. Durante este período, conheceu e fez amizade com Adolf Galland, um célebre ás alemão. Libertado em abril de 1945, solicitou seu retorno às linhas de frente, mas o pedido foi negado. Bader terminou a guerra com 22 vitórias aéreas conquistadas num Hawker Hurricane e num Supermarine Spitfire e deu baixa definitiva da RAF em fevereiro de 1946.

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]