Drøbak

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Drøbak
Condado Akershus
Número
Sede Frogn
Área 6,95 km²
População(2006) 11,514
Densidade 1,688 hab/km²
Idioma Norueguês
Website [1]

Drøbak é uma cidade não incorporada no centro da cidade de Frogn no condado de Akershus na Noruega. A cidade está localizada no fiorde de Oslo e possui cerca de 13358 habitantes.

Drøbak foi reconhecida como municipio em 1 de Janeiro de 1838 e foi anexada a Frogn em 1 de Janeiro de 1962.

Drobak harbor Norway

História[editar | editar código-fonte]

Tradicionalmente, Drøbak era o ponto de inverno da capital da Noruega, Oslo, uma vez que em invernos rigorosos o fiorde congelava de Drøbak até Oslo. O local teve o status de cidade entre 1842 até 1962, até que foi incorporado ao municipio rural de Frogn. O status de cidade foi recuperado pela Câmara Municipal em 13 de Fevereiro de 2006. Foi decidido que as vilas adjacentes como Heer estariam incluídas na cidade.

Antigamente Drøbak possuia balsas que cruzavam o fiorde e atualmente eles vem sendo substituídos por um túnel subaquático. No entanto, algumas antigas balsas ainda são usadas como restaurantes flutuantes durante o verão.

No verão, cruzeiros visitam Oslo todos os dias. Muitas vezes, de quatro a cinco cruzeiros transitam todos os dias além do tráfego regular, fazendo de Drøbak um ponto turístico muito popular a beira-mar. No entanto, os inúmeros restaurantes, galerias de arte e verões suaves são os fatores mais importantes para a visitação de turistas.

Drøbak é conhecida por suas várias galerias de arte. A cidade tem uma loja de Natal chamada Julehuset (A casa do Natal) e muitas cartas para o Papai Noel vindas da Europa vão parar na cidade.

A cidade é o quartel general da Norsk Luftambulance.

Blücher[editar | editar código-fonte]

Um evento importante na história de Drøback aconteceu na II Guerra Mundial, quando o cruzador alemão Blücher afundou na madrugada de 9 de Abril de 1940. O cruzador estava transportando soldados alemães e burocratas para um plano de ocupação rápida de Oslo, mas o naufrágio causado pelo forte de Oscarborg atrasou os planos e assim permitiu a evacuação da Família Real norueguesa, do parlamento, do gabinete e para as reservas de ouro da nação não caírem em mãos inimigas.

O Nome[editar | editar código-fonte]

A forma em norueguês para o nome é Drjúgbakki. O primeiro elemento, drjúgr significa longo, duro e o último, bakki significa colina. isto está relacionado as colinas muito ingremes próximas a cidade.

Locais[editar | editar código-fonte]

Em Drøbak existem sete importantes áreas em que a cidade e dividida. Esses locais incluem:

  • Gyltåsen, que consiste principalmente em casas de temporada;
  • Husvik, onde na maior parte do ano as embarcações são mantidas. Esta área também foi significativa no naufrágio do Blücher, com os canhões chamados "Husvik batteri" (A artilharia de Husvik) que se encontram nas colinas. Os canhões estão em funcionamento hoje como atração turística;
  • Sentrum (centro da cidade) é onde se encontra o Julehuset e a maioria das lojas locais. A maior parte do centro da cidade é protegido por leis locais como a "Verneverdig" que em termos gerais significa que os imóveis tem um valor cultural e não podem ser modificados ou reconstruídos. Portanto muito do centro da cidade se parece como era há 100 anos;
  • Skiphelle e Elleflaten é uma área que consiste em casas suburbanas e um pequeno hotel chamado "Drøbak Fjordhotel";
  • Sogsti, composta de várias casas suburbanas;
  • Odalen e Haveråsen, composta por casas e população mais agrícola;
  • Belsjø e Heer composta de casas suburbanas;
  • Ullerud e Dyrløkke é a maior colina de casas suburbanas. Aqui estão localizados o shopping, os bombeiros e uma grande escola.

Habitantes Famosos[editar | editar código-fonte]

Links[editar | editar código-fonte]