Dragão japonês

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde dezembro de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O dragão japonês (日本の竜, nihon-no-ryū?) ou dragão (, ryū?) é uma criatura legendária de atributos físicos similares aos dos dragões chineses e coreanos. O ryū provém da China e é uma das quatro bestas divinas da mitologia japonesa. Frequentemente são emblemas de imperadores ou heróis, mas sobretudo representam a sabedoria, ao contrário dos dragões chineses, mais conhecido como "Lung". Sua aparência é muito diferente aos chineses: têm corpo de serpente, cabeça de crocodilo, escamas de lagarto, chifres de cervo, olhos de gato, nariz de salamandra, garras de águia, patas de lagarto, juba de leão e bigodes de bagre.

Alguns dizem que as histórias sobre dragões podem proceder de avistamentos de enormes peixes que cresceram de forma desproporcionada. Poucas vezes se menciona os dragões na mitologia japonesa. Um dos mais famosos é Yamata no Orochi, um terrível monstro de oito cabeças e oito caudas que foi assassinado por Susanoo, quem após isto encontrou a espada sagrada Kusanagi em sua quarta linha. Outro dragão importante é o Deus-imperador do mar, Ryūjin.

Comparação com outros dragões[editar | editar código-fonte]

Há poucas diferenças entre os dragões da mitologia japonesa e os de outras mitologias orientais. Um ponto importante é que, ao contrário dos dragões coreanos e chineses, os dragões japoneses têm três garras em seus pés ao invés de quatro, como os coreanos e cinco, como os chineses. Os dragões da mitologia japonesa não voam com tanta frequência como os das mitologias ocidentais, e são apresentados como criaturas muitas vezes benevolentes, que inclusive em algumas ocasiões concedem desejos. No geral, os dragões japoneses, como os dragões chineses e coreanos, não têm asas.

Na cultura popular[editar | editar código-fonte]

Na cultura popular do Japão moderno citam frequentemente os dragões, atribuindo a eles poderes mágicos, tais como curar, voar ou assumir a forma humana à vontade.

  • No anime e mangá Os Cavaleiros do Zodíaco, Shiryū é o Cavaleiro de bronze do Dragão.
  • Em Dragon Ball, a trama inicial se baseia nas esferas mágicas que podem conceder desejos, entregues à humanidade pelo dragão Shenlong.
  • Na saga do anime Digimon, são vistos ao longo das temporadas digimons em forma de dragão, inclusive se especifica a maioria com o sufixo "Dramon", indicando o seu tipo.
  • No Vídeo-game Sonic Adventure, O "Deus da Destruição", Chaos, alcança sua forma perfeita ao obter as 7 Esmeraldas, e essa forma perfeita é a de um Dragão de Água, similar ao da mitologia maia. Na sequência deste jogo, Sonic Adventure 2, o inimigo final é o Biolizard, outro réptil gigante, mas biônico.
  • Na série Pokémon, os dragões (tais como Dragonair ou Rayquaza) são diversos tipos de dragão.
  • Em A viagem de Chihiro, um dos personagens é um dragão branco de um rio.
  • Na série Dragon Quest, há muitos dragões, desde dragões europeus até dragões asiáticos.
  • Na serie Final Fantasy, os jogadores podem invocar muitos dragões, tais como Tiamant, Leviatán e Bahamut. O último também desempenha um papel importante na história.
  • Nos filmes Mulan e Mulan 2, quem na maioria dos casos acompanha Mulan nas histórias é um pequeno dragão vermelho chamado Mushu.
  • Em Inuyasha, um demônio/youkai de grande poder, Ryuukossei, é um dragão.
  • No jogo de lutas da empresa CAPCOM Street Fighter, um dos personagens principais se chama Ryu.
  • Em Shaman King, há um personagem de cabelo extravagante que o apelidaram de Ryu (seu nome completo é Ryunosuke). Além disso, uma de suas posses têm a forma de um dragão de oito cabeças brancas.
  • Em Yu Yu Hakusho, um dos inimigos se chama Seiryu. Também, uma das técnicas de Hiei têm a forma de um dragão de fogo negro.
  • No filme de Full Metal Alchemist, Envy fica em forma de um dragão no mundo que se encontrava do outro lado da porta, mas neste mundo é chamado de "A grande serpente".
  • Em Naruto, existe um personagem que se chama Orochimaru, procedente da "Lenda de Orochimaru".
  • No mangá e série de anime Bleach a liberação da zanpakutō do capitão do 10º esquadrão Tōshirō Hitsugaya têm a forma de um grande dragão de gelo e também o nome da sua espada liberada é Hyourinmaru.
  • No desenho animado Duelo Xiaolin, existe um dragão em miniatura (ele só tem sua forma natural para liderar os guerreiros) chamado Dojo.
  • Diversos porta-aviões da Marinha Imperial Japonesa receberam nomes de dragões, como por exemplo o Hiryu, o Soryu ou o Ryujo. Depois, o nome Soryu foi utilizado para designar uma classe de submarinos da Força Marítima de Autodefesa do Japão.
  • No jogo de cartas Yu-gi-oh!, há um tipo de monstro, que são os dragões.
  • Em Zero no Tsukaima saem muitos dragões invocados como familiares dos nobres, que serão seus familiares para sempre.
  • Em One Piece, o pequeno samurai Momonosuke comeu uma Akuma no Mi, que lhe deu poder de se transformar num dragão.
  • Em Gyaban, Dolu (Doru) é o dragão robô usado pelo policial do espaço.

Veja também[editar | editar código-fonte]

Links externos[editar | editar código-fonte]

Este artigo foi inicialmente traduzido da Wikipédia em espanhol, cujo o nome é dragón japonés.