Dualismo de propriedades

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

O dualismo de propriedades descreve uma categoria de posições em filosofia da mente que advogam que, apesar de o mundo ser constituído por apenas um tipo de substância, do tipo físico, existem dois tipos distintos de propriedades: propriedades físicas e propriedades mentais. Por outras palavras, é a visão segundo a qual as propriedades não-físicas, mentais, como crenças, desejos e emoções, inerem em alguma substância física, nomeadamente o cérebro.

O dualismo de substâncias, por seu lado, é a visão de que existem dois tipos de substância: física e não-física (a mente), e por consequência também dois tipos de propriedades relacionadas com as respectivas substâncias.

Ícone de esboço Este artigo sobre filosofia / um filósofo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.