Due grosse lacrime bianche

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

"Due grosse lacrime bianche" (tradução Portuguesa: "Duas grandes lágrimas brancas") foi a canção italiana no Festival Eurovisão da Canção 1969, interpretada em italiano por Iva Zanicchi. Foi a sexta canção a ser interpretada na noite do festival, seguir à canção irlandesa "The Wages of Love", interpretada por Muriel Day e antes da canção britânica "Boom Bang-a-Bang", interpretada por Lulu. A canção italiana terminou a competição em 13.º lugar, com 5 pontos.

Autores[editar | editar código-fonte]

  • Letrista: Ezio Leoni
  • Compositor: Piero Soffici
  • Orquestrador: Carlo Daiano

Letra[editar | editar código-fonte]

A canção é uma balada, com Zanicchi revelando a um antigo amante os seus sentimentos no fim de uma relação. Ela diz-lhe que "Duas grandes lágrimas brancas/Como duas pérolas do mar/É tudo o deixaste a mim" e também que ela rejeita a ideia de que ela devia "morrer de amor", se bem que sinta uma grande tristeza.

Versões[editar | editar código-fonte]

Zanicchi gravou também uma versão em alemão com o título "Zwei große weiße Tränen".

Fontes e ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Portal A Wikipédia possui o
Portal da Música

Itália "Due grosse lacrime bianche", canção da Itália no Festival Eurovisão da Canção 1969.