Dulce Berengária de Barcelona

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Dulce Berengária
Infanta de Aragão
Rainha de Portugal
2- Rainha D. Dulce.jpg

Dulce de Barcelona,
consorte de El-Rei D. Sancho I
Governo
Casa Real Barcelona (Aragão)
Vida
Nascimento 1160
Morte 1 de Setembro de 1198 (38 anos)
Coimbra
Sepultamento Mosteiro de Santa Cruz, Coimbra
Pai Raimundo Berengário IV de Barcelona
Mãe Petronila de Aragão

Dulce Berengário de Barcelona ou de Aragão (1160 - Coimbra, 1 de Setembro de 1198) foi uma princesa infanta aragonesa e a segunda rainha de Portugal, de 1185 até à sua morte.

D. Dulce era filha do conde Raimundo Berengário IV de Barcelona com a rainha Petronila de Aragão e irmã de Afonso II de Aragão. Em 1175 casou-se com o herdeiro do trono português, o infante D. Sancho. Com a morte do rei D. Afonso Henriques em 1185, este ascendeu ao trono como D. Sancho I. Dulce faleceu em Coimbra, tendo sido sepultada no Mosteiro de Santa Cruz, junto do marido.

A princesa Dulce de Aragão chegou em Portugal para seu casamento com o rei D. Sancho I, acompanhada pelo seu parente o noble cavalheiro D. Martim de Aragão, onde ao chegar em Portugal se casou com Maria Reimondes de Riba de Vizela e tiveram os filhos D. Afonso Martins de Aragão e D. Maria Martins de Aragão, ca 1186-, senhora de Avelar, senhorio doado por Sancho I a seu pai.

As rainhas de Portugal contaram, desde muito cedo, com os rendimentos de bens, adquiridos, na sua grande maioria, por doação. Sancho I, em testamento de 1188, doou os rendimentos de Alenquer, terras do Vouga, de Santa Maria e do Porto, a D. Dulce de Aragão. A rainha ainda adquiriu outras propriedades no termo e sabe-se que foi, de facto, senhora de Alenquer.

Descendência[editar | editar código-fonte]

D. Dulce teve onze filhos de D. Sancho I, com quem casou em 1174:

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Dulce Berengária de Barcelona
Precedida por:
Mafalda de Saboia
PortugueseFlag1185.svg
Rainha de Portugal

11851198
Sucedida por:
Urraca de Castela
Ícone de esboço Este artigo sobre Rainhas de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.