Dunkin' Donuts

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dunkin' Donuts
Slogan America Runs on Dunkin' (A América Funciona com Dunkin' )
Tipo Subsidiária
Indústria Food Service
Fundação 1950[1]
Fundador(es) William Rosenberg
Sede 130 Royall Street
Canton, Massachusetts, U.S.
Áreas servidas mundo Mundo
Pessoas-chave Nigel Travis (CEO)
Neil Moses (CFO)
Produtos Bebidas quentes
Bebidas geladas
Bebidas congeladas
Produtos de padaria
Sanduíches
Subsidiárias Dunkin' Brands
Receita Lucro US$ 5.5 bilhões (2008)[2]
Página oficial www.dunkindonuts.com

Dunkin' Donuts é uma empresa global norte-americana especializada na venda de rosquinhas e café com sede em Canton, Massachusetts. Foi fundada em 1950 por William Rosenberg em Quincy, Massachusetts.[1] Seu logotipo possui dois D's um ao lado do outro em laranja e em rosa quente.

A empresa concorre principalmente com a Starbucks, como mais da metade de negócios da empresa é de vendas de café, e com a Krispy Kreme para as vendas de roscas.[3]

História[editar | editar código-fonte]

A primeira loja Dunkin' Dounuts em Quincy, Massachusetts, depois da renovação em 2000s.

Em 1948, William Rosenberg e Stephen So, abriram o primeiro restaurante, Open Kettle, em Quincy, Massachusetts antes de renomeá-lo para Dunkin' Donuts em 1950.[4]

Em 2004, a sede da empresa foi transferida para Canton.[4] No ano seguinte, Stan Frankenthaler foi nomeado quatro vezes no James Beard Foundation Award sendo o primeiro Chef Executivo/Diretor de Desenvolvimento de Culinária.[5]

Em 2008, a Dunkin' Donuts abriu sua primeira loja "verde" em São Petersburgo, na Flórida. O restaurante está é Leadership in Energy and Environmental Design (Liderança em Energia e Design Ambiental; LEED) e inclui programas como a vermicompostagem (quem "vai comer o lixo produzido pela loja, como borra de café e produtos de papel converte em adubo para locais fazendas e jardins"), encanamentos de água eficientes, e o uso de água de poço em vez de água potável para todas as irrigações.[6] Em 10 de dezembro de 2008, Nigel Travis foi nomeado presidente-executivo da Dunkin’ Brands. Ele também assumiu o papel de presidente da Dunkin’ Donuts no final de 2009.[7]

Em 2010, as vendas de todo o sistema mundial da Dunkin' Donuts foram de US$ 6 bilhões.[8] Em 2011, a Dunkin' Donuts ganhou a primeira posição no ranking de fidelidade do cliente na categoria de café pela Brand Keys, pelo quinto ano consecutivo.[9]

Um dos últimos locais remanescentes da Dunkin' Donuts em Montreal (CA) no Place Ville-Marie.

Em abril de 2012, a Dunkin' Donuts mudou os seus produtos de bebidas para a The Coca-Cola Company tendo servido produtos da PepsiCo em resposta a rivais semelhantes com produtos da PepsiCo expansão nos Estados Unidos em 2011. A única exceção foi o Gatorade da PepsiCo. Locais em Canadá não foram afetados pela mudança, apesar da loja em Montreal Eaton Centre, em Montreal servir Nestea, juntamente com a maioria dos produtos da empresa.

Dunkin 'Donuts, juntamente com Baskin-Robbins, são co-proprietárias da Dunkin' Brands Inc. (conhecida como Allied Domecq Quick Service Restaurants, (Serviços de Restaurantes Allied Domecq) quando fazia parte da Allied Domecq). A Dunkin' Brands usou a própria rede Togo's, mas a vendeu no final de 2007 a ​​uma private equity. A Dunkin' Brands foi detida pela empresa francesa de bebidas Pernod Ricard após ter comprado a Allied Domecq. Eles chegaram a um acordo em dezembro de 2005 para vender a marca para um consórcio de três empresas private equity, Bain Capital Partners, Carlyle Group e Thomas H. Lee Partners.

As maiores concorrentes da empresa incluem Krispy Kreme e a Starbucks, e pequenas lojas de rosquinhas de propriedade local. No Canadá e em partes do norte dos Estados Unidos, a Tim Hortons é uma grande concorrente. Na Colômbia, a Donut Factory tinha sido o seu rival local, e a Dunkin' adaptou a sua seleção de rosca aos gostos locais.[10] A Mister Donut tinha sido o seu maior concorrente nos Estados Unidos, antes da empresa ser comprada pela empresa-mãe da Dunkin' Donuts. As lojas The Mister Donut foram rebatizadas como Dunkin 'Donuts. A Dunkin controla os direitos da marca para Mister Donut através de diversos registros da marca mais velhos e novos, alterados na USPTO.

Produtos[editar | editar código-fonte]

Uma exposição de rosquinhas da Dunkin' Donuts em uma franquia.

A Dunkin' Donuts tem mais de 1.000 variedades de roscas, juntamente com outros produtos.[11] [12]

  • Bebidas geladas
    • Café gelado
    • Café com leite gelado
    • Chá gelado
  • Bebidas congeladas
    • Coolatta
    • Café congelado
  • Sanduíches
    • Sanduíches tostados no forno
    • Wraps
    • Sanduíche vitrificado de rosca café-da-manhã

Locais[editar | editar código-fonte]

  Locais atuais
  Somente bases militares
  Locais futuros planejados
  Locais anteriores

No Brasil, a Dunkin' Donuts abriu sua primeira sede em 1980.[13] Mas acabou fechando a rede passando os pontos para a empresa Café Donuts. Em 2013, ela pretende abrir 25 franquias no país.[14]

Atuais[editar | editar código-fonte]

Anteriores[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Dunkin' Donuts: About Us Dunkindonuts.com (2006-07-27). Página visitada em 2010-12-30.
  2. Sellen, Tom (16 de março de 2009). Coffee Connoisseurs Sniff Out Cheaper, No-Frills Fix The Wall Street Journal..
  3. It's Not About the Doughnuts (em inglês) Fast Company (1 de dezembro de 2004). Página visitada em 30 de dezembro de 2012.
  4. a b History of Dunkin' Donuts (em inglês) Boston.com (26 de julho de 2011). Página visitada em 2013-03-03.
  5. DUNKIN' BRANDS NAMES STAN FRANKENTHALER AS ITS FIRST EXECUTIVE CHEF / DIRECTOR OF CULINARY DEVELOPMENT (em inglês) Dunkin' Donuts. Página visitada em 1 de agosto de 2013.
  6. Dunkin' Donuts Opens First 'Green' Store (em inglês) Dunkin' Donuts.. Página visitada em 1 de agosto de 2013.
  7. Abelson, Jenn (1 de outubro de 2009). Dunkin' president steps down (em inglês) The Boston Globe..
  8. DunkinDonuts.com (em inglês) Dunkin' Dunuts.
  9. 2011 Brand Keys Customer Loyalty Engagement Index (em inglês).
  10. Why Dunkin Donuts lures Colombians away from local brands? (em inglês).
  11. Kowitt, Beth. (24 de maio de 2010). "Dunkin' Brands' Kitchen Crew". Fortune 161.
  12. Menu | Dunkin' Donuts (em inglês) Dunkindonuts.com (2011-02-24). Página visitada em 3 de março de 2013.
  13. Dunkin' Donuts anuncia volta ao Brasil Exame. AdNews (1 de agosto de 2013). Página visitada em 2 de agosto de 2013.
  14. Após 8 anos, Dunkin' Donuts quer abrir restaurantes no Brasil G1. Globo.com (1 de agosto de 2013). Página visitada em 2 de agosto de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Dunkin' Donuts