Dynasty Warriors: Strikeforce

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dynasty Warriors: Strikeforce
Capa da versão norte-americana para PlayStation Portable.
Desenvolvedora Omega Force
Publicadora(s) Koei
Produtor Kenichi Ogasawara
Compositor(es) Kensuke Inage
Plataforma(s) PlayStation Portable
Série Dynasty Warriors
Conversões/
relançamentos
PlayStation 3, Xbox 360
Data(s) de lançamento PlayStation Portable:

PlayStation 3, Xbox 360:
Gênero(s) Ação, hack and slash
Modos de jogo Single Player, multiplayer
Número de jogadores 1 a 4 jogadores
Classificação PlayStation Portable:
Inadequado para menores de 12 anos i CERO (Japão)
Inacessível a menores de 12 anos de idade. É recomendado o acompanhamento de responsáveis. CGSRR (Taiwan)
Inadequado para menores de 13 anos i ESRB (América do Norte)
Permitido para maiores de 12 anos GRB (Coreia do Sul)
Inadequado para menores de 12 anos i PEGI (Europa)
Mídia PSP:UMD
PS3: Blu-ray
Xbox 360: DVD-ROM
Controles Gamepad
Último
Último
Dynasty Warriors: Strikeforce 2
Próximo
Próximo

Dynasty Warriors: Strikeforce (真・三國無双 MULTI RAID,, Shin Sangoku Musō Maruchi Reido?), é um jogo eletrônico lançado primeiramente para PlayStation Portable[4] . Baseado em "Dynasty Warriors 6", foi lançado em abril e maio de 2009 na América do Norte e Europa. Um lançamento para console do jogo para PlayStation 3 e Xbox 360 foi lançado no Japão em 1 de outubro de 2009. A data de lançamento na América do Norte foi marcada para o dia 16 de fevereiro de 2010.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

O jogo possui novos recursos, como "fury" ou "awakening" (Shin Musou Kakusei no Japão) que é similar a uma versão atualizada do Musou Rage em "Dynasty Warriors 5". O "Awakening" afeta drasticamente a aparência do personagem e aumenta seu status[5] . Outra novidade é a capacidade de equipar uma sub-arma que pode ser qualquer arma que possua no jogo, o jogador também pode equipar orbes e chi para personalizar e deixar os personagens mais fortes.[6]

O jogo possui uma jogabilidade semelhante ao Dynasty Warriors 6 para o PS3 e os personagens agora têm a capacidade de voar por um período determinado de tempo. Não há modo online na versão para PSP, mas o modo Multiplayer foi adicionado para isto[7] , assim como o modo online para as versões do Playstation 3 e Xbox[8] .

Da Ji, Orochi, Nu Wa e Kiyomori Taira de saga Warriors Orochi são personagens bônus da versão portátil, assim como um urso panda[9] . Já a versão para consoles conta com a participação de Meng Huo[10] e de bônus Fu Xi e Taigong Wang também de Warriors Orochi, e Ryu Hayabusa e Ayane da saga Dead or Alive[11] [12] .

Outra mudança é a resistência da arma, certas armas como arcos e seus "parentes" são muito eficazes contra feiticeiros e animais, mas são ineficazes ou inúteis contra estruturas, enquanto outras armas, tais como bastões irá devastar edifícios e máquinas em mero momento, mas carece de destrutividade do arco contra feiticeiros e animais . Para permitir que o personagem não esteja em uma situação do tipo, eles podem levar consigo uma arma secundária, que tem um moveset padrão que todos seguem, enquanto a arma principal tem seus próprios movimentos[13] .

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Dynasty Warriors: Strikeforce foi visto pela primeira vez na Shonen Jump na edição da semana que terminou em 13 de setembro de 2008, e em seguida mostrado na revista Famitsu na edição da semana que terminou em 20 de setembro de 2008. Com a revista Famitsu mostrando as aparências Shin Musou Kakusei de Zhao Yun, Xiahou Dun e Sun Shang Xiang, bem como algumas screenshots.[14]

Huang Zhong e Yuan Xiahou ambos tiveram mudanças arma. Embora ambos originalmente portavam cimitarras, agora eles usam arcos. Porém, enquanto que ambos compartilham o mesmo moveset, este moveset é diferente do moveset usado por Sun Shang Xiang.

O jogo foi criado para ser lançado em março, mas foi adiado pela Koei, assim como os outros spin-offs de Dynasty Warriors 6, Dynasty Warriors 6: Special.

Um modo de demonstração foi disponibilizado através do site japonês, que poderia ser transferido para o PSP. A demonstração permitia que o jogador a usasse todos os personagens dos três reinos, no entanto, apenas algumas horas após o lançamento, um código foi descoberto que fez todos os "outros tipos de personagens" também disponíveis para utilização. O código já não está disponível, após uma ameaça de ação judicial da Koei. A demo tinha uma tampa de nível três, e teve apenas três etapas, apesar de todas as armas estarem disponíveis para uso. Uma demonstração em Inglês foi lançado na PlayStation Network, mas esta demo tem muito menos conteúdo que a demo japonesa. Existem apenas 4 personagens jogáveis (Zhao Yun, Xiahou Dun, Dian Wei e Sun Shang Xiang) e há apenas um estágio disponível. Então, a versão demo do console foi criado na loja japonesa, que tinha 6 personagens (Zhao Yun, Xiahou Dun, Dian Wei, Sun Shang Xiang, Ma Chao e Zhou Yu) e havia 4 estágios disponíveis para serem jogados.

Desenvolvimento e lançamento[editar | editar código-fonte]

Em parceria com a Avex Trax, a Koei Tecmo lançou em 2009 cupons com códigos para conseguir novas armaduras no lançamento da primeira parte em DVD de A Batalha dos 3 Reinos[15] .

Recepção[editar | editar código-fonte]

Dakota Grabowski da GameZone deu as versões do console um 6.5/10, dizendo: "As mudanças são uma bênção para os opositores e torcedores. Se o time pode avançar para mais elementos de entretenimento, então Dynasty Warriors pode acabar na berlinda com elogios da crítica."[16]

Esse jogo foi recebido negativamente por muitos fãs da série, porque é o primeiro a remover o modo multiplayer de tela dividida Esta característica foi abandonada para suporte multiplayer exclusivamente online.

Referências

  1. a b c d Dynasty Warriors Strikeforce Release Information for PSP (em Inglês) GameFaqs. Página visitada em 6 de fevereiro de 2010.
  2. a b c d Dynasty Warriors Strikeforce Release Information for PlayStation 3 (em Inglês) GameFaqs. Página visitada em 6 de fevereiro de 2010.
  3. a b c d Dynasty Warriors Strikeforce Release Information for Xbox 360 (em Inglês) GameFaqs. Página visitada em 6 de fevereiro de 2010.
  4. Rob Fahey (5 de maio de 2009). Dynasty Warriors: Strikeforce (em Inglês) Eurogamer. Página visitada em 8 de fevereiro de 2009.
  5. Shinji Nakano (22 de setembro de 2009). コーエー、PSP「真・三國無双 MULTI RAID」 マルチプレイに注力した新たなる「無双」 GameWatch. Página visitada em 8 de fevereiro de 2010.
  6. Jim Sterling (28 de abril de 2009). Review: Dynasty Warriors Strikeforce (em Inglês) Destructoid. Página visitada em 8 de fevereiro de 2009.
  7. Brian Fishman (25 de agosto de 2009). This entertaining hack-and-slash game is best played with a few friends. (em Inglês) GameSpot. Página visitada em 8 de fevereiro de 2010.
  8. Notícias: Dynasty Warriors Strikeforce : Special (em Português) gameTotal (4 de agosto de 2009). Página visitada em 8 de fevereiro de 2010.
  9. Dynasty Warriors: Strikeforce, confiram os personagens e as novidades (em Inglês) Tecnojogos (22 de fevereiro de 2009). Página visitada em 8 de fevereiro de 2010.
  10. Dynasty Warriors: Strikeforce 360, PS3 screens (em Inglês) CVG (9 de dezembro de 2009). Página visitada em 8 de fevereiro de 2010.
  11. Dynasty Warriors Stikeforce Special screenshots 1 (em Português) Lusogamer. Página visitada em 8 de fevereiro de 2010.
  12. Dynasty Warriors Stikeforce Special screenshots 2 (em Português) Lusogamer. Página visitada em 8 de fevereiro de 2010.
  13. Wesley Yin-Poole (11 de junho de 2009). Dynasty Warriors: Strikeforce Review (em Inglês) Videogamer.com. Página visitada em 8 de fevereiro de 2010.
  14. Dynasty Warriors Multi Raid. Página visitada em 29 de setembro de 2008.
  15. Special Dynasty Warriors: Strikeforce costumes in Red Cliff DVD (em Japonês) ITmedia (23 de fevereiro de 2009). Página visitada em 21 de janeiro de 2011.
  16. Dynasty Warriors: Strikeforce - PSP - Review (em Inglês) GameZone (29 de abril de 2009). Página visitada em 21 de janeiro de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.