E

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
E
Alfabeto latino básico
  Aa Bb Cc Dd  
Ee Ff Gg Hh Ii Jj
Kk Ll Mm Nn Oo Pp
Qq Rr Ss Tt Uu Vv
  Ww Xx Yy Zz  

A letra E (é) é a quinta letra do alfabeto latino. Em português, pode ter os valores fonéticos [e] (semi-cerrada), [ε] (semi-aberta) ou [ɨ] (cerrada, que apenas se aplica ao português europeu).

História[editar | editar código-fonte]

A letra grega épsilon, na qual surgiu como uma das origens da letra e.

Terá origem, provavelmente, na letra fenícia he, que representava mais ou menos o som de um H aspirado. Quando os gregos adotaram o alfabeto fenício, encontraram dificuldade em pronunciar a primeira parte desse caractere e abandonaram-no, conservando somente o som e e dando lhe o nome de epsílon (ε). Com o tempo simplificaram seu desenho virando os traços horizontais para o lado direito.

Tipografia[editar | editar código-fonte]

Fonética e códigos[editar | editar código-fonte]

Representações alternativas de E
Alfabeto radiotelefónico Código Morse
Echo ·
ICS Echo.svg Semaphore Echo.svg E
Código internacional de sinais Telégrafo óptico Braille

E (é, ê, i, ɨ) é uma vogal palatal e conjunção coordenativa aditiva.

Em português E pode pronunciar-se:

  • [ɛ] como o é do português "pé",
  • /e/ como o ê do português "vê"
  • /i/ como a palavra e da frase "tu e eu"

Significados de E[editar | editar código-fonte]

  • A conjunção lógica e (\land).
  • A constante matemática e
  • (música) nota musical Mi em algumas línguas (p. ex. inglês e alemão)
  • A unidade monetária Euro
  • Como prefixo, indica itens em formato electrónico (e-book, e-mail, ...)

  • A letra E é a mais usada nas palavras de língua alemã, inglesa e francesa.[1]

Referências[editar | editar código-fonte]


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikcionário Definições no Wikcionário
Commons Imagens e media no Commons