Airbus Group

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de EADS)
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde janeiro de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

A European Aeronautic Defence and Space Company (EADS) foi uma corporação europeia do ramo aeroespacial, controlada pela Airbus. O grupo surgiu de uma fusão em 10 de julho de 2000 das empresas DaimlerChrysler Aerospace AG (DASA) da Alemanha, Aérospatiale-Matra da França e Construcciones Aeronáuticas S.A. (CASA) da Espanha e, desde então, desenvolveu-se, tornando-se a maior empresa aeroespacial europeia.

A companhia foi responsável, até janeiro de 2014, pelo desenvolvimento e venda de aviões civis e militares, assim como mísseis, foguetes espaciais e sistemas relacionados, tendo sido acionista da Indústria Aeronáutica de Portugal (OGMA), entre outras.

Em julho de 2013, o grupo Airbus anunciou uma reestruturação da EADS, através de seu CEO, Tom Enders.[1]

Em janeiro de 2014, foi criada a Airbus Defence and Space,[2] divisão da Airbus voltada para os setores aeroespacial, defesa e aviação militar, formada por três das divisões da extinta EADS (Astrium, Cassidian e Airbus Military). Uma outra divisão da EADS, a Eurocopter, passou a ser Airbus Helicopters.

Divisões[editar | editar código-fonte]

Míssil ar-ar MICA

Airbus[editar | editar código-fonte]

A Airbus é um dos maiores fabricantes de aeronaves comerciais, sediada em Toulouse, França. Entre seus produtos, está a família A320 e o A380, o maior avião de passageiros já fabricado.

Aeronaves Militares de Transporte[editar | editar código-fonte]

Entre os projetos desenvolvidos, estão o A400M, que compete com o Hércules C-130 no transporte de tropas e cargas.

Defesa e Sistemas de Segurança[editar | editar código-fonte]

A EADS é acionista da Dassault Aviation, fabricante dos caças Mirage e da Eurofighter GmbH, responsável pelo Eurofighter Typhoon. Além disso, possui ações da MBDA, que fabrica mísseis.

EADS Astrium[editar | editar código-fonte]

Responsável pela construção de satélites, sendo o principal utilizador do foguete Ariane 5.

Eurocopter[editar | editar código-fonte]

Fabricante de helicópteros civis e militares, como o Dauphin e o Super Puma.

Referências

  1. Andrew Chuter (31 de julho de 2013). EADS Announces Name Change, Restructuring (em inglês). Defencenews.
  2. Airbus Defence and Space (em inglês). Airbus Defence and Space (2014).