EMD GL8

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde agosto de 2012). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.
EMD GL8
EMD GL8
GM - EMD GL8 nº 3632 da ALL.
Propulsão Diesel-Elétrica
Projetista Electro Motive Division
Fabricante EMD (USA )
Modelo GL8
Ano de fabricação 1960/1961
Locomotivas fabricadas 78
Classificação AAR B-B
Tipo de Serviço Misto
Bitola 1000 mm
Tipo de Truques Flexicoil
Diâmetro das rodas 40”
Distância entre eixos 2.440 mm
Comprimento 11.023 mm
Largura 2.898 mm
Altura 3.835 mm
Peso da locomotiva 62.000 kg
Peso por eixo 15.500 kg
Peso aderente 62.000 kg
Tipo de combustível Diesel
Capacidade de combustível 1.893 l
Capacidade de óleo lubrificante 492 l
Capacidade de água 606 l
Capacidade de areia 0,34 m³
Fabricante do motor EMD
Motor primário EMD 8-567CR
Limite de RPM 835
Tipo de motor Combustão interna
Gerador D25-E
Motores de tração D-29
Tamanho dos cilindros 8½”(216mm)x10”(254mm)
Tração múltipla Sim
Velocidade máxima 100 km/h
Velocidade mínima 16 km/h
Potência total 950 hp
Potência disponível para tração 875 hp
Esforço de tração 15.500 kgf
Fator de adesão 25%
Raio mínimo de inscrição 58,82 m
Freios da locomotiva Ar comprimido
Sistema de freio 26LA
Ferrovias Originais RFFSA, EFS
Ferrovias que operou RFFSA-RVPSC, RFFSA-VFRGS, FSA, ALL, FTC, Ferroeste, FCA, Fepasa, Ferroban, Brasil Ferrovias
Numeração Sigo Série 4000 a 4050 ( RFFSA ) e 3600 a 3650 ( Fepasa )
Local de operação Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo.
Ano da entrada em serviço 1962
Proprietário atual ALL, FTC-Transferro, FCA

Locomotiva produzida pela GM-EMD para exportação, com muitas unidades produzidas nas décadas de 50 e 60 para ferrovias de todo mundo, adaptável em qualquer bitola entre 1,676 e 1,000m.

Foi desenvolvida para linhas de menor carga por eixo, servindo também para manobras. É uma locomotiva de serviço geral (G de General Purpouse), leve (L de light) sendo movidas pelo motor EMD 8-567C, com cerca de 875 hp (para tração).

Quando novas eram usadas para tração de trens de carga e passageiros sendo usadas em tração simples, duplas, triplas ou mesmo quadras.

Atualmente é utilizada para manobras, composição de manutenção de via na FCA e ALL, ou tração em ferrovias menores (Ferrovia Teresa Cristina) ou mal equipadas (finada Brasil Ferrovias).

Operam hoje na FCA 6 locomotivas GL8, sendo: 2 originarias da Mogiana, 1 da Sorocabana e 3 da Leopoldina.


Lista das Locomotivas[editar | editar código-fonte]

Companhia Mogiana[editar | editar código-fonte]


Número de Fabricação Data de Fabricação Número CM Número Fepasa Op. Atual
26081 10/1960 51 3616
26082 10/1960 52 3617
26083 10/1960 53 3618
26084 10/1960 54 3619
26085 10/1960 55 3620
26086 10/1960 56 3621
26087 10/1960 57 3622
26088 10/1960 58 3623 ALL
26089 10/1960 59 3624 ALL
26090 10/1960 60 3625
26091 10/1960 61 3626
26092 10/1960 62 3627
26093 10/1960 63 3628
26094 10/1960 64 3629 FCA(repassada pela Ferroban em 99)
26095 10/1960 65 3630
26096 10/1960 66 3631
26097 10/1960 67 3632 ALL
26098 10/1960 68 3633
26099 10/1960 69 3634 FCA(repassada pela Ferroban em 99)
26100 10/1960 70 3635 ALL
26101 10/1960 71 3636 ALL
26102 10/1960 72 3637
26103 10/1960 73 3638


Estrada de Ferro Sorocabana[editar | editar código-fonte]


Número de Fabricação Data de Fabricação Número EFS Número Fepasa Op. Atual
26450 03/1961 3601
26451 03/1961 3602 Ferroban-ALL Baixada
26452 03/1961 3603
26453 03/1961 3604
26454 03/1961 3605
26455 03/1961 3606
26456 03/1961 3607
26457 03/1961 3608
26458 03/1961 3609 FCA(repassada pela Ferroban em 99)
26459 03/1961 3610
26460 03/1961 3611
26461 03/1961 3612
26462 03/1961 3613 Baixada pela Fepasa
26463 03/1961 3614 ALL
26464 03/1961 3615 Baixada pela Fepasa


RFFSA[editar | editar código-fonte]

Número de Fabricação Data de Fabricação Número RVPSC Número RFFSA-11ªdivisão Número EFL Número VFCO Número NOB Número RFFSA-13ªdivisão Número SR-6 Número SIGO ( atual ) Observações Op. Atual
26465 03/1961 1401 801 --- --- --- 6141 6321 4029-3N Recebeu truques A-1-A de G12 no RGS ALL
26466 03/1961 1402 802 --- --- --- 6142 6322 4030-7N Recebeu truques A-1-A de G12 no RGS Baixada
26467 03/1961 1403 803 --- --- --- 6143 6323 4031-5N Recebeu truques A-1-A de G12 no RGS ALL
26468 03/1961 1404 804 --- --- --- 6304 6304 4007-2N ALL
26469 03/1961 1405 805 --- --- --- 6305 6305 4008-1N Baixada pela SR-6, reconstruida em Tubarão/SC FTC/TRANSFERRO
26470 03/1961 1406 806 --- --- --- 6306 6306 4009-9N ALL
26471 03/1961 1407 807 --- --- --- 6307 6307 4010-2N ALL
26472 03/1961 1408 808 --- --- --- 6308 6308 4011-1N ALL Baixada
26473 03/1961 1409 809 --- --- --- 6309 6309 4012-9N Baixada
26474 03/1961 1410 810 --- --- --- 6310 6310 4013-7N ALL
26475 03/1961 1411 811 --- --- --- 6311 6311 4014-5N ALL
26476 03/1961 1412 812 --- --- --- 6312 6312 4015-3N ALL
26477 03/1961 1413 813 --- --- --- 6313 6313 4016-1N ALL
26478 03/1961 1414 814 --- --- --- 6314 6314 4017-0N ALL
26479 03/1961 1415 815 --- --- --- 6315 6315 4018-8N ALL
26480 03/1961 1416 816 --- --- --- 6316 6316 4019-6N ALL
26481 05/1961 1417 817 --- --- --- 6317 6317 4020-0N ALL
26482 05/1961 1418 818 --- --- --- 6318 6318 4021-8N Baixada
26483 05/1961 --- --- 2851 2851 --- 6331 6331 4022-6N ALL
26484 05/1961 --- --- 2852 2852 --- 6332 6332 4023-4N ALL
26485 05/1961 --- --- 2853 2853 1006 6333 2852*¹ 4001-3E FCA -SR-2 Baixada
26486 05/1961 --- --- 2854 2854 1007 6334 2854*¹ 4002-1E -SR-2 FCA
26487 05/1961 --- --- 2855 2855 --- 6335 6335 4024-2N ALL
26488 05/1961 --- --- 2856 2856 1008 6336 2856*¹ 4003-0E -SR-2 FCA
26489 05/1961 --- 821 2857 2857 --- 6302 6302 4005-6N Transf. p/ RVPSC Ago/1965 ALL
26490 05/1961 --- 820 2858 2858 --- 6301 6301 4004-8N Transf. p/ RVPSC Ago/1965 ALL
26491 05/1961 --- --- --- --- 1001 6337 6337 4025-1N ALL
26492 05/1961 --- --- --- --- 1002 6338 6338 4026-9N ALL
26493 05/1961 --- --- --- --- 1003 6339 6339 4027-7N ALL
26494 05/1961 --- 819 --- --- 1004 6303 6303 4006-4N Transf. p/ RVPSC Jul/1963 Baixada
26495 05/1961 --- --- --- --- 1005 6340 6340 4025-5N ALL


  • Três GL8 da RFFSA 13ª Regional tiveram seus truques ´trocados com os de G12 A-1-A para torna-las B-B, tendo assim diminuído seu tanque e criado um passadisso diferente em sua frente.

Posteriormente uma foi baixada e as duas remanescentes tiveram seus truques novamente trocados por B-B quando houve disponibilidade desses nas oficinas.

  • A GL8 4008 foi baixada pela RFFSA 13ª Divisão e encostada em Santa Maria-RS por vários anos até que a RFFSA 11ª divisão (Parana-Sta. Catarina) regional Tereza Cristina (ainda respondiam pela mesma divisão) reconstruiu-a com ajuda das SR-5 e SR-6 e de outra GL8 também baixada.
  • A 4008 hoje encontra-se em poder da FTC/Transferro, tendo operado como manobreira tanto na FTC quanto na extinta Ferropar nos anos de 2000 a 2001.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Buzelin, José Emílio de Castro H; Setti, João Bosco, "Ferrovia Centro-Atlântica - Uma Ferrovia e suas raízes", Rio de Janeiro: Memória do Trem, 2001.
  • Tabelas compiladas por Alexandre Fressatto Ramos