Eat My Fuc

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
EMF
Álbum de estúdio de G.G. Allin
Lançamento 1983
Gravação 1983
Gênero(s) Punk rock
Duração 40:00
Gravadora(s) Black & Blue Records
Produção "Dick Urine"
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de G.G. Allin
Último
Último
Always Was, Is and Always Shall Be
(1980)
Hated in the Nation
(1984)
Próximo
Próximo


E.M.F. (abreviação de "Eat My Fuc") é o segundo álbum controverso do vocalista de punk rock chamado G.G. Allin. Algumas versões do álbum, e a maior parte da discografia de G.G. Allin, credita esse álbum à banda: The Scumfucs.

Gravado em um desconhecido e primitivo estúdio de gravação da New England, Allin procedeu para algo mais misantrópico e misógino do que o que fora feito poucos anos antes, no álbum "Always Was, Is And Always Shall Be". As treze faixas de estúdio no álbum avança do egoísmo de "Hard Candy Cock" e "Cock On The Loose" para o misantrópico de "I Wanna Rape You" e "I Wanna Fuck Your Brains Out". Uma faixa de álbum, a "Fuckin' The Dog", é a versão original da música "Livin' Like An Animal" que apareceu no EP "Live Fast Die Fast" e no CD "Banned In Boston".

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. "Hard Candy Cock"
  2. "Out for Blood"
  3. "I Don't Give a Shit"
  4. "Drink, Fight, and Fuck"
  5. "Convulsions"
  6. "I Wanna Fuck Your Brains Out"
  7. "I Want to Rape You"
  8. "Teacher's Pet"
  9. "Fuckin' the Dog"
  10. "Cock on the Loose"
  11. "Clit Licker"
  12. "God of Fire in Hell"
  13. "Blow Jobs"
  14. Live at the A7 Club
    • (Versões ao vivo de "You Hate Me and I Hate You" e "No Rules" e entrevista de audiência)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de GG Allin é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.