Eco (figura de linguagem)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Eco é uma figura de linguagem que consiste na terminação de duas ou mais palavras de um texto serem as mesmas. É considerado uma rima.

Exemplos[editar | editar código-fonte]

  • Aluno repetente, repete alegremente.
  • Faço tudo eficazmente, alegremente e calmamente.
  • Pedro, pedreiro, penseiro, esperando o trem.
  • O capitão fechou o portão e, com o coração na mão, enfrentou o valentão.
  • Meu coração por ti gela, meus afetos por ti são.

Observação: No terceiro exemplo há uma Aliteração, porém é considerado também um eco pela terminação das palavras "pedreiro" e "penseiro".