Economia de Madrid

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ano Euros
1998 56.076.454
1999 60.573.828
2000 66.535.412
2001 71.595.433
2002 75.334.358
2003 79.784.603
PIB Madrid Anual.PNG

A economia da cidade de Madrid, com um Produto interno bruto de 103.500 em 20051 .é a maior no que diz respeito às cidade de Espanha, e a quarta a nível europeu. O PIB per capita estava situado nos 35.372 USD em 2005.

O PIB tem vindo a crescer nos últimos anos a um ritmo superior do resto do país, tornando a cidade de Madrid a principal propulsora da economia espanhola.

Áreas económicas[editar | editar código-fonte]

A principal actividade económica da cidade são os serviços, representando 85,09% do total do PIB. Dentro deste sector destacam-se os serviços financeiros (31,91% do PIB total) e as actividades comerciais (31,84% do PIB total). O sector emprega dois terços da população activa madrilenha. Os principais empregadores neste sector são a administração central do Estado e a administração financeira (Madrid é a sede de grande parte das empresas activas em toda a Espanha, acolhendo metade do capital financeiro nacional), somando também os postos de trabalho relacionados com os transportes, nomeadamente no aeroporto Madrid-Barajas. Os maiores centros empregadores da cidade de Madrid são o já referido aeroporto e a IFEMA, Instituição de feiras de Madrid.

A indústria está cada vez menos presente em Madrid, instalando-se em municípios da área metropolitana, principalmente a sudeste. Apesar disso, a indústria continua a ter um peso importante no PIB da cidade. A construção é o sector que mais está crescer2 , estimado em 8,2% no ano de 2005. A tendência mostra um aumento da construção não residencial, influenciada pela ligeira desaceleração do aumento do preço de imóveis em 2005.

Também o turismo assume um papel preponderante na economia da cidade; Madrid é uma das cidades mais visitadas da Europa3 , atrás de Paris, Londres e Roma; é a mais visita em Espanha.

Referências

  1. Os dados provêm dos últimos números divulgados na Internet, pelo Ayuntamiento de Madrid.
  2. Segundo o Oitavo Barómetro de Economia de Madrid, em Abril de 2006.
  3. O turismo na cidade de Madrid