Economia do Luxemburgo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A economia de Luxemburgo caracteriza-se por ser estável, com um crescimento moderado, baixa inflação e baixo desemprego. O setor industrial, dominado até recentemente pela produção de aço, foi-se diversificando para incluir também a indústria química, da borracha e outros produtos. Durante as últimas décadas, o crescimento do setor financeiro compensou largamente o declínio da indústria metalúrgica. A agricultura é sustentada por pequenas produções familiares nas fazendas. O país têm relações econômicas chegadas com a Bélgica e Países Baixos. Como membro da União Europeia, beneficia-se das vantagens do mercado livre Europeu. Possui ainda o maior Produto Interno Bruto per capita do mundo ($77,595 em 2005).

O país é o 23º no ranking de competitividade do Fórum Econômico Mundial.[1]

Os ativos bancários do país representam em 2013 22 vezes o valor do seu PIB.[2]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre economia é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Bandeira de Luxemburgo Luxemburgo
Brasão • Culinária • Cultura • Forças Armadas • Geografia • História • Portal • Subdivisões • Imagens