Ecpirótico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A Teoria Ecpirótica ou o Universo Ecpirótico ou Cenário Ecpirótico ou ainda Modelo Ecpirótico é uma teoria física cosmológica que trata da origem do universo.

O termo ecpirótico é originado da palavra ekpyrosis da filosofia estóica, a "destruição ou conflito pelo fogo" que representa o ciclo eterno e recorrente da destruição e renascimento.

O modelo ecpirótico do universo é uma alternativa ao paradigma da inflação cósmica. Esse dois modelos aceitam que o Modelo Lambda-CDM do Big-bang é uma descrição apropriada para os tempos iniciais do universo. O modelo ecpirótico é um precursor e parte do modelo cíclico.

Introdução[editar | editar código-fonte]

A teoria cosmológica das branas assume que o universo visível está situado em uma brana tri-dimensional que se move dentro de um espaço com maior número de dimensões. Nossa brana pode ser uma de uma série de incontáveis outras branas movendo-se através dessas dimensões adicionais. O cenário ecpirótico foi proposto por Khoury, Ovrut, Steinhardt e Turok em 2001. Esse cenário sugere que o universo visível estava vazio e em contração no passado distante. Em certo momento nossa brana colidiu com uma outra brana paralela “escondida” o que provocou a mudança do universo em contração para um universo em expansão. Radiação e matéria aquecida foram criadas no ato da colisão originando o big bang e a partir daí o nosso universo surgiu. A colisão de branas, sob o ponto de vista das quatro-dimensões da branas visível tem a aparência de um big crunch seguido de um big bang.

Problemas[editar | editar código-fonte]

Existem problemas no cenário ecpirótico. Entre eles está a falta de compreensão entre os teóricos especialistas na teoria das cordas e não é sabido o que efetivamente acontece quando duas branas colidem. Além disso, o cenário ecpirótico usa algumas idéias essenciais da teoria das cordas, principalmente as multi-dimensões, branas e orbifolds. A teoria das cordas também não é uma teoria aceita pela totalidade da comunidade da física.

Recepção Popular[editar | editar código-fonte]

O modelo ecpirótico tem recebido cobertura considerável na mídia [1], [2], [3], [4].

Compare com: Inflação cósmica, Modelo cíclico.


Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido (desde março de 2008). Ajude e colabore com a tradução.
Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]