Ed Harris

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ed Harris
Ed Harris no Festival Internacional de Cinema de Toronto, 2005
Nome completo Edward Allen Harris
Nascimento 28 de novembro de 1950 (63 anos)
Englewood, Nova Jersey
Nacionalidade Estados Unidos Estado-unidense
Ocupação ator
Prêmios Globo de Ouro
Golden Globe icon.svg Melhor ator Coadjuvante em Cinema
1998 - O Show de Truman
Golden Globe icon.svg Melhor Ator Coadjuvante em Televisão
2013 - Game Change
Prémios Screen Actors Guild
Melhor Ator Coadjuvante em Cinema
1996 - Apollo 13
Melhor Elenco
1996 - Apollo 13
IMDb: (inglês) (português)

Ed Harris (Edward Allen Harris, Englewood, 28 de novembro de 1950) é um premiado ator estado-unidense, mais conhecido pelos filmes, The Right Stuff, O Segredo do Abismo, Apollo 13, Pollock e O Show de Truman - O Show da Vida.[1] , e pelo telefilme Game Change.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Seu pai era cantor. Durante os anos de escola foi atleta de destaque, o que lhe valeu uma bolsa para estudar na Universidade de Columbia, em Nova York. Alguns anos mais tarde, sua família se mudou para Oklahoma e Harris foi junto, tendo descoberto seu interesse pela interpretação depois de atuar em várias obras teatrais na universidade.

Uma vez em Oklahoma, Harris se inscreveu na faculdade de artes cênicas da universidade estadual. Cameçou a atuar ao mesmo tempo diante do público no teatro local, onde conseguiu um sucesso notável. Com isto, mudou-se para Los Angeles, onde continuou os estudos de interpretação no California Institute of the Arts.

O primeiro papel importante que Harris desempenhou no cinema foi em Borderline, com Charles Bronson, no qual Harris interpretou um assassino. Atuou em outros filmes até que em 1983 tornou-se uma estrela, devido a sua participação em The Right Stuff, o qual relata a história dos primeiros astronautas americanos de maneira humorística. Seu papel foi o de John Glenn. A partir de então, Harris foi encontrando a fama como ator interpretando todo tipo de personagens em diversos filmes.

Foi indicado ao Óscar quatro vezes, três como melhor ator coadjuvante, em Apollo 13, The Truman Show e The Hours; e uma vez como ator principal, em Pollock.

Recentemente demonstrou interesse pela direção. Estreou como diretor em 2000, com o filme Pollock, com o qual ganhou alguns prêmios.

Interpretou com boas críticas o oficial alemão do regimento de franco-atiradores, major König em Enemy at the Gates (2001), junto com Jude Law no papel de Vassili Zaitsev.

Harris está casado desde 1983 com Amy Madigan. Eles têm uma filha.

Principais prêmios e indicações [1] [editar | editar código-fonte]

Óscars

  • Indicado: Melhor Ator Coadjuvante, Apollo 13 (1995)
  • Indicado: Melhor Ator Coadjuvante, The Truman Show (1998)
  • Indicado: Melhor Ator, Pollock (2000)
  • Indicado: Melhor Ator Coadjuvante, The Hours (2002)

BAFTA

  • Indicado: Melhor Ator Coadjuvante, The Truman Show (1999)
  • Indicado: Melhor Ator Coadjuvante, The Hours (2003)

Golden Globe

  • Indicado: Melhor Ator Coadjuvante - Filme, Jacknife (1990)
  • Indicado: Melhor Ator Coadjuvante - Filme, Apollo 13 (1996)
  • Ganhador: Melhor Ator Coadjuvante - Filme, The Truman Show (1999)
  • Indicado: Melhor Ator Coadjuvante - Filme, The Hours (2003)
  • Indicado: Melhor Ator em uma Minissérie ou Filme para a Televisão, Empire Falls (2006)
  • Ganhador: Melhor Ator Coadjuvante em uma Minissérie ou Filme para a Televisão, Game Change (2013)

Primetime Emmy

  • Indicado: Melhor Ator em uma Minissérie ou Filme para Televisão, Game Change (2012)
  • Indicado: Melhor Ator em uma Minissérie ou Filme para Televisão, Empire Falls (2005)

SAG Awards

  • Indicado: Melhor Ator em uma Minissérie ou Filme para Televisão, Game Change (2012)
  • Indicado: Melhor Ator em uma Minissérie ou Filme para Televisão, Empire Falls (2005)
  • Indicado: Melhor Ator Coadjuvante em Cinema, The Hours (2003)
  • Indicado: Melhor Elenco em Cinema, The Hours (2003)
  • Indicado: Melhor Ator Coadjuvante em Cinema, A Beautiful Mind (2002)
  • Indicado: Melhor Ator em uma Minissérie ou Filme para Televisão, Riders of the Purple Sage (1996)
  • Ganhador: Melhor Ator em Cinema, Apollo 13 (1995)
  • Ganhador: Melhor Elenco em Cinema, Apollo 13 (1995)
  • Indicado: Melhor Elenco em Cinema, Nixon (1995)

Satellite Awards

  • Indicado: Melhor Ator em uma Minissérie ou Filme para Televisão, Empire Falls (2005)
  • Indicado: Melhor Ator Coadjuvante em Cinema, A Beautiful Mind (2001)
  • Indicado: Melhor Ator em Cinema (Drama), Pollock (2000)

Outros prêmios[editar | editar código-fonte]

  • 2006 - No San Francisco International Film Festival, Harris recebeu o prêmio Peter J. Owens,[2] que é entregue a um ator cujo trabalho demonstre brilho, independência e integridade. A Flash of Green[3] foi exibido no festival em sua homenagem.

Filmes[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]