Edenborn

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Edenborn
Autor (es) Nick Sagan
Idioma Inglês
País Estados Unidos da América
Assunto Ficção
Género Ficção Científica
Arte de capa Catarina Sequeira Gaeiras
Tradutor João Seixas
Editora Flag of Brazil.svg Não existe
Flag of Portugal.svg Editorial Presença
Lançamento 2005
Páginas 274
ISBN 972-23-3464-6

Paraíso Virtual é o segundo volume de uma trilogia iniciada com Ameaça Virtual (no original Idlewild). Paraíso Virtual (no original Edenborn) é um livro escrito por Nick Sagan e editado em Portugal pela Editorial Presença.

Introdução[editar | editar código-fonte]

Uma epidemia provocada por um vírus (o Ep Negra) quase acabou com a espécie humana. Dezoito anos depois da mortandade, restam apenas alguns sobreviventes, desenvolvidos em laboratório por uma multinacional do campo da biogenética, a Gedaechtnis. Estes cindiram-se em duas facções distintas, havendo ainda dois elementos que desapareceram e que, como tal, não pertencem a nenhuma divisão. No final de contas, restam apenas vinte personagens tentando reconstruir uma nova sociedade a partir dos escombros.

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

As facções[editar | editar código-fonte]

Existem assim duas divisões principais, decorrentes das diferentes formas de pensar dos sobreviventes:
  • a facção norte -- família baseada em Nymphemburgo, (na Baviera, Sul da Alemanha), consiste em duas matriarcas, Vashti e Champanhe, ambas com 36 anos, e os seres "pós-humanos" criados por elas, com a particularidade de serem todos do sexo feminino (designados "pós-humanos" porque foram geneticamente adulterados para resistirem ao Vírus Ep Negra, logo não inteiramente humanos).
Nome Idade (anos)
Vashti 36
Champanhe 36
Brigit 15
Sloane 15
Penélope 15
Tomi 15
Isabelle 14
Zöe 14
Olivia 13
Luzia 13
Katrina 9
  • a facção sul -- família baseada no Egipto, constituída pelo "pai" Isaac, também com 36 anos, e os seus protegidos, essencialmente humanos (logo dependentes de medicamentos que impeçam a infecção pelo Ep Negra).
Nome Idade (anos)
Isaac 36
Mu'tazz 16
Rashid 16
Ngozi 15
Dalila 10

Diferenças entre as facções[editar | editar código-fonte]

A abordagem da facção norte em relação ao repovoamento do nosso planeta é puramente tecnológica e pragmática, o que é evidente no facto de ter recorrido à manipulação genética para criar uma geração de seres mais avançada, capaz de fazer frente ao Vírus e no facto de terem decidido criar apenas seres do sexo feminino por estes serem discutivelmente superiores aos congéneres do sexo masculino. Para a facção norte, a Natureza pode ser sempre melhorada.

As raparigas da facção norte revelam comportamentos decorrentes desse pensamento científico austero.

A facção sul, por sua vez, encabeçada pela personagem Isaac, procura um caminho mais espiritual, religioso e altruísta. As crianças desta facção seguem os ensinamentos islâmicos do pai.

As Personagens[editar | editar código-fonte]

Além das personagens supra-referidas, que integram as facções sul e norte, temos Pandora (também com 36 anos) e Malachi (um complexo programa de computador dotado de inteligência artificial), responsáveis pela manutenção do Interior, um universo virtual; e Halloween (36 anos), protagonista do primeiro volume da trilogia e referenciado inúmeras vezes ao longo do livro, mas que só aparece mais para o final, juntamente com o seu clone, Duque, um pirómano.

Fantasia, também uma das sobreviventes originais, está dada como desaparecida.

Personagens falecidas antes da acção principal[editar | editar código-fonte]

Mercutio terá alegadamente enlouquecido e assassinado Lazarus e Tyler, e talvez Simone (outra causa possível para a morte de Simone é o suicídio). Em seguida, Halloween matou Mercutio. (Estas personagens são todas sobreviventes originais da hecatombe.)

Hessa, uma das protegidas de Isaac, morreu devido a uma brincadeira de mau gosto por parte de Penélope, cerca de um ano antes da acção principal do livro.

O Enredo[editar | editar código-fonte]

Haji vai, ao abrigo do programa de intercâmbio, passar um tempo à Alemanha, juntamente com dois dos seus irmãos: Dalila e Ngozi.

Penélope está obcecada com poder e reconhecimento. Acredita ser a melhor em tudo: a mais inteligente, a melhor atleta e a melhor em composição musical. Quando toma conhecimento de que Pandora poderá estar a precisar de uma assistente de trabalho, decide fazer tudo para que digam bem dela a Pandora, para que esta a contrate. No entanto, as suas expectativas saem goradas quando a escolha recai sobre Olivia. Penélope ameaça Olivia e diz que todos irão pagar pelo que ela acha ser uma tremenda injustiça.

Haji encontra uma chave e Tomi revela-lhe que essa chave é a do laboratório de crio genética, onde estão armazenados corpos a baixas temperaturas. Um desses corpos é do Dr. James Hyoguchi, um dos melhores cientistas da Gedaechtnis. Junto do corpo, está computorizada a personalidade do cientista. Haji é um clone do genial Dr. James Hyoguchi. Este deixou uma mensagem a pedir que Haji se sacrifique e deixe que a sua mente seja substituída pela do Dr James Hyoguchi, para que este possa ajudar a humanidade.

Haji descobre então que a do seu pai não passava de uma mentira. Haji e os seus irmãos foram criados para acreditar em Deus simplesmente para que o processo de substituição das personalidades pelas dos cientistas fosse mais célere e perfeito.

O Interior vai abaixo. Tudo é exposto, incluindo os registos de Vashti que dão conta dos seus pareceres sobre as raparigas e do facto de estas tomarem sedativos e estarem sujeitas a mensagens subliminares sem saberem. O caos instala-se.

O ataque ao Interior foi obra de Duque, o clone de Halloween. Inicialmente todos pensam que foi obra de Halloween. Pandora vai até ao Michigan, na América do Norte, onde Halloween e Duque se encontram, para confrontar Halloween. Descobre então sobre a existência de Duque e leva-o para a Europa para que este seja punido pelo seu acto. Penélope, abalada com as novas revelações, está num secreto conluio com Duque.

Quando Duque chega à Alemanha, ele e Penélope fogem. Penélope finge estar a morrer e os dois usam um bombardeiro para atingir o helicóptero onde viaja Pandora.

Em seguida, Penélope incita Duque a usar um lança-mísseis para destruir Nymphemburgo. Halloween intercepta-os e mata Penélope. Duque suicida-se em seguida.


Referências

*Livro: Nick Sagan. Paraíso Virtual. 1 ed. Lisboa: Editorial Presença, 2005. 274 p. ISBN 972-23-3464-6

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.