Ediacarano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde junho de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Período Ediacarano
630–542 milhões de anos atrás


Teor médio de o2 atmosférico durante o período ca. 8 Vol %[1]
(40 % do nível atual)
Teor médio do CO2 atmosférico durante o período ca. 4500 ppm[2]
(16 vezes o nível pré-industrial)




Na escala de tempo geológico, o Ediacarano é o período da era Neoproterozóica do éon Proterozoico que está compreendido entre 630 milhões e 542 milhões de anos atrás, aproximadamente. O período Ediacarano sucede o período Criogeniano de sua era e precede o período Cambriano da era Paleozoica do éon Fanerozoico. Como os outros períodos de seu éon, não se divide em épocas.

O nome antigo do período era Vendiano, proposto originalmente por Sokolov em 1952, com base em observações na plataforma siberiana que revelaram espetaculares achados fósseis, então chamados de Fauna Vendiana. No entanto, a Comissão Internacional de Estratigrafia da União Internacional de Ciências Geológicas preferiu renomeá-lo recentemente para Ediacarano, que provém das Colinas Ediacara, no sul da Austrália – onde também foram encontrados fósseis similares, que constituem a Biota ediacarana.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ediacarano