Edmé Bouchardon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cupido talhando um arco da clava de Hércules

Edmé Bouchardon (29 de maio de 1698 - 27 de julho de 1762) foi um escultor e desenhista francês, considerado o maior escultor de sua geração.

Nasceu em Chaumont, filho de Jean-Baptiste Bouchardon, também escultor. Estudou com Guillaume Coustou. Em 1722 recebeu o Prêmio de Roma, indo estudar na capital italiana, onde permaneceu por dez anos. Ali realizou um notável busto do Papa Bento XIII.

Voltando à França, foi designado escultor do rei em 1732, eleito para a Academia em 1744, e por fim indicado como professor da Academia em 1745. Criou em 1746 sua primeira obra-prima, o Cupido talhando um arco da clava de Hércules. Outra de suas obras é a fonte na Rue de Grenelle, em Paris, completada em 1740. Talvez sua melhor criação tenha sido a estátua equestre de Luís XV, considerada a melhor obra do seu tipo jamais produzida na França, ainda que o artista só tenha podido finalizar o seu modelo, morrendo antes de realizá-la no material definitivo. Jean-Baptiste Pigalle ficou encarregado de terminar a obra, infelizmente destruída na Revolução Francesa .

Durante cerca de 25 anos Bouchardon foi o responsável pelo desenho dos jetons e medalhas distribuídos pelo rei por ocasião das festas de fim de ano. Estes desenhos estão hoje preservados em museus franceses.

Sua obra resistiu à tendência barroquizante da época e permaneceu fiel aos princípios do classicismo, sendo notáveis pela graça e pelo esmerado acabamento da superfície do mármore.

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Edmé Bouchardon