Edmond Jabès

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Edmond Jabès

Edmond Jabès (Francês: [ʒabɛs]; em hebraico: אדמון ז'אבס, em árabe: إدمون جابيس; Cairo, 16 de Abril de 1912[1] – Paris, 2 de Janeiro de 1991) foi um escritor e poeta judeu, e uma das figuras literárias mais conhecidas a escrever em francês depois da Segunda Guerra Mundial.

Vida[editar | editar código-fonte]

Filho de uma família judaica, Edmond Jabès foi criado no Egito, onde recebeu uma educação francesa clássica. Quando, no Egito, a população judaica foi expulsa, Jabès mudou-se para Paris em 1956, cidade que ele tinha visitado uma primeira vez nos anos 1930. Aí ele retomou as suas amizades com os surrealistas, embora ele nunca tenha sido formalmente um membro desse grupo. Tornou-se cidadão francês em 1967, o mesmo ano em que recebeu a honra de ser um dos escritores franceses (ao lado de Sartre, Camus, e Lévi-Strauss) a apresentar os seus trabalhos na World Exposition em Montreal. Por outro lado, foi-lhe outorgado o Prix des Critiques em 1972 e uma designação como oficial na Legião de Honra em 1986. Em 1987, recebeu o Grande Prémio nacional de poesia francês (Grand Prix national de la poésie). Jabès morreu com 78 anos e a cerimónia de cremação ocorreu no cemitério de Père Lachaise.

Obra[editar | editar código-fonte]

Jabès destacou-se sobretudo pelos seus livros de poesia, normalmente publicados em ciclos de vários volumes. A sua poesia apresenta, variadas vezes, referências ao misticismo judaico e à cabala.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Je bâtis ma demeure : Poèmes 1943-1957, Gallimard, Paris, 1959
  • Le Livre des questions, t. I, Gallimard, 1963 ISBN 2070233243
  • Le Livre de Yukel (Le livre des questions, t. II), Gallimard, 1964 ISBN 2070233251
  • Le Retour au livre (Le livre des questions, t. III), Gallimard, 1965 ISBN 207023326X
  • Yaël (Le livre des questions, t. IV), Gallimard, 1967
  • Elya (Le livre des questions, t. V), Gallimard, 1969
  • Aely (Le livre des questions, t. VI), Gallimard, 1972
  • El, ou le dernier livre (Le livre des questions, t. VII), Gallimard, 1973
  • Le Livre des ressemblances, t. I, Gallimard, Paris, 1976
  • Le Soupçon le Désert (Le Livre des ressemblances, t. II), Gallimard, 1978
  • L'Ineffaçable l'Inaperçu (Le Livre des ressemblances, t. III), Gallimard, 1980
  • Du désert au livre, entretiens avec Marcel Cohen, Belfond, 1980
  • Récit, Fata Morgana, Saint Clément de Rivière, 1981, relié, 13 x Predefinição:Unité
  • Le Petit Livre de la subversion hors de soupçon, Gallimard, 1982
  • Le Livre du dialogue, Gallimard, 1984
  • Le Parcours, Gallimard, 1985
  • Le Livre du Partage, Gallimard, coll. « Blanche », Paris, 1987 ISBN 2070708683
  • Un étranger avec, sous le bras, un livre de petit format, Gallimard, 1989
  • Le Seuil le Sable : poésies complètes 1943-1988, Gallimard, coll. « Poésie », Paris, 1990 ISBN 2070325733
  • Le Livre de l'hospitalité, Gallimard, 1991
  • Petites Poésies pour jours de pluie et de soleil, Gallimard Jeunesse, 1991
  • Désir d'un commencement Angoisse d'une seule fin, Fata Morgana, 1991

Traduções em português[editar | editar código-fonte]

Portugal[editar | editar código-fonte]

  • A obscura palavra do deserto (antologia), seleção e tradução de Pedro Tamen, Editora Cotovia 1991, ISBN: 978-972-9013-40-9[2]

Brasil[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Edmond Jabès, From the Book to the Book: An Edmond Jabès Reader (Wesleyan University Press, 1991) p xxi
  2. http://www.livroscotovia.pt/autores/detalhes.php?id=310