Edmundo De Amicis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Edmondo De Amicis

Edmundo De Amicis (Oneglia, 21 de outubro de 1846Bordighera, 11 de março de 1908) foi um escritor e militar italiano. Sua obra de maior destaque é "Coração" (em italiano "Cuore"). Este livro tinha o objetivo de criar uma identidade nacional e cultural para a Itália recém unificada. A história narra a vida de uma turma de alunos na escola pública e o professor conta um conto por mês, exaltando em cada conto atos de heroísmo de um menino de cada uma das províncias italianas. Foi adotado como livro de leitura em quase todas as escolas da Itália durante muitos anos.

Cursou a escola militar de Módena, deixando-a em 1865 como oficial. Em 1866 tomou parte da batalha de Custozza. Em 1867, dirigiu o diário La Itália Militare, de Florença. Sua obras, hoje traduzidas em muitas línguas, gozam de um prestígio todo especial em seu país natal. Fez sua estréia literária em 1866, com o livro La Vita Militare[1] .

Encontra-se conteudo literário da sua autoria nas revistas A Leitura[2] (1894-1896) e Branco e Negro[3] (1896-1898).

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Edmundo De Amicis
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.