Edmundo II de Inglaterra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Edmundo II
Rei dos Ingleses
Reinado 23 de abril de 1016
a 30 de novembro de 1016
Predecessor Etelredo
Sucessor Canuto
Esposa Edite
Descendência
Eduardo, o Exilado
Casa Wessex
Pai Etelredo de Inglaterra
Mãe Ælfgifu de Iorque
Nascimento 989
Wessex, Inglaterra
Morte 30 de novembro de 1016 (27 anos)
Oxford ou Londres, Inglaterra
Enterro Abadia de Glastonbury, Glastonbury

Edmundo II (c. 989 - 30 de Novembro, 1016) foi Rei da Inglaterra em 1016, sucedendo ao seu pai, Etelredo II. Ficou conhecido como "Edmundo Ironside" (Edmundo, o braço de ferro), pelos esforços que empreendeu para conter o avanço dos vikings liderados por Canuto.

Edmundo II subiu ao trono em Londres numa altura de crise em que Canuto, o Grande havia sucedido a Sueno I na Dinamarca e grande parte de Inglaterra. Depois de algumas negociações, Canuto concedeu o reino de Wessex a Edmundo e acordaram que o que vivesse mais tempo herdaria o conjunto da Inglaterra. Como Edmundo morreu pouco tempo depois, possivelmente assassinado, Canuto tornou-se rei de toda a Inglaterra.

Edmundo II e sua esposa Ealdgyth foram pais de 2 filhos: Eduardo (mais tarde denominado Eduardo, o Exilado) e Edmundo. Os dois meninos eram ainda pequenos quando o pai morreu, e Canuto, o Grande ordenou que fossem enviados para a Suécia e ali fossem assassinados. Entretanto, eles foram secretamente enviados a Kiev, e afinal para a Hungria.


Precedido por
Etelredo II
Rei da Inglaterra
1016
Sucedido por
Canuto I
Ícone de esboço Este artigo sobre reis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.