Eduard Simon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Eduard Simon, um apotecário de Berlim, Alemanha, descobriu acidentalmente o poliestireno em 1839. Simon destilou uma substância oleosa de estoraque, a resina da árvore liquidâmbar, Liquidambar orientalis, que ele denominou "estirol". Vários dias depois ele descobriu que o estirol havia engrossado, presumidamente devido à polimerização, na forma de uma gelatina que ele apelidou de óxido de estirol ("Estiróxido").

Ligações externas[editar | editar código-fonte]