Eduard Toldrà

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Eduard Toldrà i Soler (Villanueva y Geltrú 7 de abril de 1895Barcelona 31 de maio de 1962), foi um músico e compositor da Catalunha, Espanha, considerado uma das figuras mais importantes da música catalã, especialmente pelo seu importantissimo trabalho como director da Orquesta Municipal de Barcelona.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Seu pai, Francesc Carbonell i Toldrà, também músico, introduziu-o desde muito jovem no mundo da música: os sete anos fez a sua estréia. Aos dez anos quando a família se mudou para Barcelona, começou seus estudos musicais, em primeiro lugar no Conservatório de Música Escola e mais tarde, na Escola Municipal de Música de Barcelona, onde estudou teoria musical com Lluís Millet, violino com Rafael Galvez e Antoni Nicolau. Durante esse período executou em concertos com a orquestra do Palácio de Belas Artes em Barcelona, no Teatro Comic. Em 1912 ganhou o prêmio especial de violino na Escola de Música Violão Concerto No. 2 de Max Bruch.

Ganhou o Grand Prix du Disque da Academia Charles Cros.

Teatro[editar | editar código-fonte]

  • 1924 Quatro ilustrações musicais para o drama de Lluís Masriera: Un idil·li prop del cel o, pel juny, carabasses
  • 1928 El giravolt de maig, ópera cómica em um acto com libreto de Josep Carner
  • 1951 Oh, Tossa!, espectáculo teatral de Pere Quart Quasi un paradís

Música de câmara[editar | editar código-fonte]

  • 1914 Cuarteto en Do menor, para quarteto de corda
  • 1920 Vistas al mar, para quarteto de corda, posteriormente adaptado para orquesta de câmara.
  • 1921 Seis sonetos, para violino e piano. Ave Maria, adaptado para orquesta.
  • 1931 Les danses de Vilanova, para quarteto de corda, piano e contrabaixo.

Música sinfónica[editar | editar código-fonte]

  • 1919 Suite en Mi Maior
  • 1926 Empúries (Invocació a l'Empordà).
  • 1930 La maldición del Conde Arnau.
  • 1934 La hija del marchante.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Manuel Capdevila Eduard Toldrà, músic Barcelona: Aedos, 1960.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]