Eduarda Amorim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Eduarda Amorim
Eduarda Amorim, São Paulo, 2013
Informações pessoais
Nome completo Eduarda Idalina Amorim
Apelido Duda
Modalidade Handebol - Armadora Esquerda
Nascimento 23 de setembro de 1986 (28 anos)
Blumenau, Brasil
Nacionalidade  brasileira
Compleição Peso: 83 kg Altura: 1,86 m
Clube 20022004 Metodista/São Bernardo
2004–2005 USCS/São Caetano
2005–2009 Kometal Skopje
2009 — Győri ETO KC
Período em atividade 2000—
Medalhas
Campeonato Mundial
Ouro Sérvia 2013
Jogos Pan-Americanos
Ouro Guadalajara 2011
Ouro Rio de Janeiro 2007
Campeonato Pan-Americano
Ouro São Bernardo do Campo 2011 Equipe
Ouro Santo Domingo 2007 Equipe
Prata Santiago 2009 Equipe

Eduarda Idalina "Duda" Amorim (Blumenau, 23 de setembro de 1986) é uma jogadora de handebol brasileira. Foi eleita a melhor jogadora do mundo de 2014 em votação realizada através do site da Federação Internacional de Handebol.[1]

Em 2013, jogando pelo Gyor da Hungria, tornou-se a primeira brasileira a conquistar o título da Liga dos Campeões da Europa[2] .

E em maio de 2014, consegui seu bi-campeonato na liga dos campeões, atuando também pelo Gyor.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Incentivada pela irmã mais velha, Ana Amorin, ex integrante da seleção Brasileira também de Handebol. Duda começou a jogar Handball aos 11 anos, no Colégio Barão do Rio Branco, em Blumenau.

Nas idades amadoras, Duda sagrou-se campeã dos Jogos Abertos e dos Jogos da Juventude de Recife. Foi ainda vice-campeã dos Jogos da Juventude em Goiania por São Paulo.

Nas seleções de base, a armadora esquerda conquistou os títulos do Mundialito juvenil em Portugal (2003), o Sul-Americano Juvenil (2004), e foi vice-campeã no Pan-Americana Júnior (2004).

Como profissional, alcançou o vice-campeonato pela Metodista, na Liga Nacional de 2002. Mesmo jogando entre os profissionais, a armadora esquerda faturou o título paulista na categoria júnior, pela Metodista.[3]

Pela seleção profissional, Duda é Bi-campeã Pan-Americana (2007, 2011). Nos Jogos Olímpicos de Pequim em 2008,[4] , ajudou o Brasil a obter a nona colocação. Em 2013 veio a consagração: o título mundial e o prêmio de melhor jogadora da competição. Porém, só em 2015, ela foi realmente reconhecida como a melhor de todas; chegou o prêmio de melhor jogadora de handebol do mundo em 2014[5] .

Ela é a irmã mais nova da também jogadora de Handebol Ana Amorim.[6]

Conquistas[editar | editar código-fonte]

Com a Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Por Clubes[editar | editar código-fonte]

Brasil Metodista

Vice-campeã do Campeonato Brasileiro: 2002

Flag of the Republic of Macedonia 1992-1995.svg Kometal Skopje
  • 4x Campeã do Campeonato da Macedonia: 2005, 2006, 2007, 2008
  • 4x Campeã do Copa da Macedonia 2005, 2006, 2007, 2008
Hungria Győri ETO KC
  • Bi-campeã EHF Champions League - 2013[2] , 2014
  • 6x campeã da Magyar Kupa: 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014
  • 6x campeã da Nemzeti Bajnokság I: 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014

Individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

Olympic pictogram Handball.png Este artigo sobre um(a) handebolista, integrado ao Projeto Desporto, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.