Eduardo, Duque de Iorque e Albany

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Eduardo
Duque de Iorque e Albany
Nome completo
Eduardo Augusto
Pai Frederico, Príncipe de Gales
Mãe Augusta de Saxe-Gotha
Nascimento 25 de Março de 1739
Norfolk House, Londres, Inglaterra
Morte 17 de setembro de 1767 (28 anos)
Palácio do Príncipe, Mônaco
Enterro Abadia de Westminster, Londres

Eduardo Augusto, Duque de Iorque, 25 de Março de 173917 de Setembro de 1767), foi o irmão mais novo de Jorge III do Reino Unido, o segundo filho de Frederico, Príncipe de Gales e Augusta de Saxe-Gotha.

Juventude[editar | editar código-fonte]

Eduardo Augusto com o irmão Jorge e o tutor de ambos, Francis Ayscough.

O jovem príncipe foi batizado como Eduardo Augusto, na Norfolk House, pelo bispo de Oxford, Thomas Secker, e seus padrinhos foram o tio-avô Frederico I da Prússia, e o duque de Brunswick-Wolfenbüttel (que foi representado por Lord Carnarvon), e sua madrinha foi a tia Frederica de Saxe-Gota.[1]

Guerra dos Sete Anos[editar | editar código-fonte]

Eduardo interessava-se por assuntos da marinha e procurou obter permissão para prestar serviço na Marinha Real. Participou nos ataques marítimos contra a costa francesa, estando presente no falhado Assalto a St. Malo, que originou a Batalha de Saint-Cast em 1758.

Tornou-se capitão a 14 de Junho de 1759,[2] contra-almirante em 1761 e vice-almirante em 1762.[3]

Últimos Anos[editar | editar código-fonte]

Eduardo recebeu os títulos de duque de Iorque e Albany e conde de Ulster do seu avô, o rei Jorge II, a 1 de Abril de 1760.[4]

Quando o irmão de Eduardo subiu ao trono a 25 de Outubro de 1760, como Jorge III, nomeou-o seu conselheiro privado.

Desde a altura em que o seu irmão se tornou rei até ao nascimento do seu primeiro filho, o príncipe Jorge de Gales, a 12 de Agosto de 1762, o duque foi herdeiro-presuntivo do trono britânico.

Em finais do verão de 1767, quando viajava para Génova, Eduardo adoeceu e teve de desembarcar no porto do Mónaco. Apesar do tratamento e atenção que recebeu, Eduardo morreu no palácio do príncipe Honoré III do Mónaco a 17 de Setembro. O quarto de estado onde o duque morreu passou a ser chamado de Quarto de Iorque. Após a sua morte, o seu corpo foi levado para Londres a bordo do HMS Montreal e enterrado na Abadia de Westminster.[5]

Genealogia[editar | editar código-fonte]

Os antepassados de Eduardo Augusto, Duque de Iorque e Albany em três gerações
Eduardo Augusto, Duque de Iorque e Albany Pai:
Frederico, Príncipe de Gales
Avô paterno:
Jorge II da Grã-Bretanha
Bisavô paterno:
Jorge I da Grã-Bretanha
Bisavó paterna:
Sofia Doroteia de Brunsvique-Luneburgo
Avó paterna:
Carolina de Ansbach
Bisavô paterno:
João Frederico de Brandemburgo-Ansbach
Bisavó paterna:
Leonor Edmunda de Saxe-Eisenach
Mãe:
Augusta de Saxe-Gota
Avô materno:
Frederico II de Saxe-Gota-Altemburgo
Bisavô materno:
Frederico I de Saxe-Gota-Altemburgo
Bisavó materna:
Madalena Sibila de Saxe-Weissenfels
Avó materna:
Madalena Augusta de Anhalt-Zerbst
Bisavô materno:
Carlos de Anhalt-Zerbst
Bisavó materna:
Sofia de Saxe-Weissenfels

Referências

Commons
O Commons possui multimídias sobre Eduardo, Duque de Iorque e Albany