Educação na Finlândia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Educação na Finlândia
Flag of Finland.svg
Responsável
Ministro da Educação
Ministro da Cultura
Ministério da Educação
Henna Virkkunen
Stefan Wallin
Recursos nacionais para educação € 5.9 billion (1100 € per capita) (2003)
Língua oficial Finlandês e sueco
Mandatório sim
Estrutura Educação secundária e superior dividida em sistema acadêmico e vocacional
Alfabetização (2000)
 • Homem
 • Mulher
100%
100%
100%
PISA 
Leitura
Matemática
Ciência



Estudantes 
 •Primário
 • Secondário
 •Superior
n/a
99,7%
n/a
n/a
Diplomas
 • Educação secundária
 • Educação superior

60% ac., 45% voc.
25% (of pop.)
Proporção Aluno x Professor ()
 • Educação primária
 • Educação secundária


A educação na Finlândia é compulsória dos 7 aos 16 anos. O sistema educacional é o sistema Nórdico igualitário, sem taxa de ensino para os estudantes de tempo integral. Os alunos recebem alimentação gratuita na educação primária e secundária. Os estudos após a educação primária se dividem em sistema vocacional e sistema acadêmico.

Educação básica[editar | editar código-fonte]

A educação básica vai do 1º até o 9º ano e é pública para quase a totalidade da população -- existem poucas escolas privadas no país. As classes têm poucos estudantes; raramente ultrapassam o número de 20 estudantes por sala. Os estudantes aprendem as duas línguas oficiais da Finlândia, o finlandês e o sueco, mais duas línguas estrangeiras. Os alunos têm também aulas de artes, música, cozinha, carpintaria, serralharia e costura.

A Finlândia é o país com mais livros infantis per capita do mundo, a atividade de leitura é muito encorajada nas escolas.

Educação secundária[editar | editar código-fonte]

A educação secundária é dividida em sistema vocacional e acadêmico. O vocacional prepara o aluno para as escolas técnicas, o acadêmico prepara para o bacharelado. O sistema não é rígido, alunos vocacionais também podem prestar bacharelado e acadêmicos podem ir para escolas técnicas.

Professores[editar | editar código-fonte]

Os professores, tanto do primário quanto do secundário, precisam ter mestrado. O professor é uma profissão altamente respeitada e desejada no país. O salário docente é importante, mas os professores finlandeses não são a categoria profissional mais bem remunerada naquele país. Mesmo em perspectiva comparada, a média salarial dos docentes na Finlândia situa-se um pouco abaixo da média da OCDE.

Bandeira da Finlândia Finlândia
Bandeira • Brasão • Hino • Culinária • Cultura • Demografia • Economia • Forças Armadas • Geografia • História • Portal • Política • Subdivisões • Imagens