Educação no Ceará

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Resultados no ENEM
Ano Português Redação
2006[1]
Média
34,74 (12º)
36,90
51,59 (10º)
52,08
2007[2]
Média
46,73 (15º)
51,52
55,10 (14º)
55,99
2008[3]
Média
38,13 (13º)
41,69
59,15 (9º)
59,35

A primeira instituição de ensino do Ceará foi o Liceu do Ceará fundado em 1845 em Fortaleza[4] .

Fortaleza concentra o maior número de escolas particulares, sendo a sede da rede do Centro Federal de Educação Tecnológica do Ceará, transformado em Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, que comanda as unidades de ensino técnico em várias cidades do interior do estado incluindo as escolas agroténicas do Crato e de Iguatu. Outra unidade de ensino federal em Fortaleza é o Colégio Militar de Fortaleza[5] .

Imagem da Biblioteca pública de Sobral.

No Ceará a taxa de analfabetismo é uma das mais altas do Brasil. Pessoas de 15 anos ou mais de idade em 2007 foi de 19,2% e de analfabetos funcional foi de 30,7%, valores bem acima da média nacional[6] . A média de estudo dos cearenses acima de 10 anos é de 5,9 anos, acima da média nordestina, mas bem abaixo da nacional, e a grande disparidade entre a capital e o interior fica clara, com a Região Metropolitana de Fortaleza obtendo média muito superior, de 7,2 anos. Quanto ao índice de desenvolvimento da educação básica (IDEB), o Estado obteve em 2007 o melhor resultado no Nordeste para alunos da 4ª série do ensino fundamental (nota 3,8) e do 3º ano do ensino médio (nota 3,4) e empatou com o Piauí no que se refere aos alunos da 8ª série do ensino fundamental (nota 3,5)[7] .

A rede de ensino do estado no ano de 2007 era composta por 17.234 escolas sendo 7.668 pré-escolares, 8.773 de ensino fundamental e 793 de ensino médio[8] . Estas escolas receberam 2.290.213 matriculas sendo 261.030 no pré-escolar, 1.624.943 no fundamental e 404.240 no ensino médio[8] . Servindo a rede havia 92.636 docentes sendo 12.988 no pré-escolar, 63.651 no fundamental e 15.997 no ensino médio[8] .

Ensino Técnico[editar | editar código-fonte]

O ensino técnico ou ensino técnico-profissional constitui uma modalidade de ensino vocacional, orientada para a rápida integração do aluno no mercado de trabalho. É crescente a oferta de Curso Técnicos no estado do Ceará. Destacam-se o IFCE e o SENAI Ceará.

Superior[editar | editar código-fonte]

A primeira instituição de ensino superior do Ceará foi o Seminário Episcopal do Ceará em 1864, por Dom Luís Antônio dos Santos, primeiro bispo do Ceará, mas devido a sua formação específica, não tem relevo para a economia sendo seu impacto específico na fé e na política[9] . Nos moldes do governo brasileiro, a primeira instituição de ensino superior é a Faculdade de Direito do Ceará fundada em 1903. A faculdade de direito foi seguido pela Faculdade de Farmácia e Odontologia do Ceará criada em 1916 e depois a Escola de Agronomia do Ceará criada em 1918. Estas instituições somadas de outras formaram em 1954, pela Lei federal 2.373, a Universidade do Ceará, sendo a primeira do estado[10] . Atualmente existem além da UFC, mais 4 universidades: Universidade Estadual do Ceará, Universidade Regional do Cariri e Universidade Estadual Vale do Acaraú mantidas pelo governo do estado e a Universidade de Fortaleza particular. Futuramente é prevista a criação da Universidade Federal de Integração Luso-Afrobrasileira na cidade de Redenção.

Ao todo o Ceará abrigava em 2005, 47 instituições de ensino superior com 6.797 docentes e 99.597 alunos matriculados[8] .

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Desempenho Enem 2006 segundo a Região e Unidade da Federação Globo.com (2007). Visitado em 23 de maio de 2009.
  2. Enem 2007 - médias redeção UOL (2008). Visitado em 23 de maio de 2009.
  3. Enem 2008 INEP (2009). Visitado em 23 de maio de 2009.
  4. Castelo 1970, p. 115
  5. Castelo 1970, p. 205
  6. Síntese de Indicadores Sociais 2008 - Uma análise das condições de vida da população brasileira IBGE. Visitado em 22 de outubro de 2008.
  7. Síntese de Indicadores Sociais 2008 - Uma análise das condições de vida da população brasileira IBGE. Visitado em 29 de janeiro de 2009.
  8. a b c d Ensino - matrículas, docentes e rede escolar 2007 IBGE. Visitado em 22 de outubro de 2008.
  9. Castelo 1970, p. 151
  10. Revista do Instituto do Ceará: Número especial 1987, p. 176

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Bandeira do Estado do Ceará
Ceará
Temas: Ciência | Cultura | Dialeto | Economia | Educação | Esporte | Geografia | História |Saúde |Transportes | Turismo

Listas: Governadores | Municípios | Patrimônio | Rodovias

Ícone de esboço Este artigo sobre educação ou sobre um educador é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Bandeira do Ceará.svg Este artigo é um esboço para um artigo maior sobre o Ceará. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.