Efeito Fujiwara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Os tufões Parma e Melor orbitando em torno de um centro situado entre os dois sistemas em outubro de 2009.

O efeito Fujiwara ou a interação de Fujiwara é um tipo de interação entre dois vórtices ciclônicos, causando a eles "orbitarem" um em torno do outro.

O fenômeno é mais notado quando dois ciclones tropical começam a se interagir. Se a intensidade dos dois ciclones for equivalente, os dois ciclones começarão a orbitar em torno de um ponto entre eles. Mas, se houver diferenças de intensidade, o vórtice maior irá ser o sistema dominante sobre o vórtice menor, obrigando este último a "orbitar" em torno dele. Por último, em geral, o vórtice menor é absorvido pelo vórtice maior. Este efeito foi denominado "efeito Fujiwara" depois que um meteorologista japonês descreveu este efeito em 1921, mencionando sobre o comportamento de dois vórtices ciclônicas em água.

Foi notado o efeito Fujiwara em 2005, quando a tempestade tropical Alfa foi absorvido pelo Furacão Wilma. Mais recentemente, no final de 2007, o efeito Fujiwara foi notado quando o Tufão Hagibis mudou sua trajetória repentinamente em direção ao Tufão Mitag. Em 2008, o Ciclone Fame e o Ciclone Gula começaram a girar em torno de um centro comum situado entre os dois sistemas.

Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre Meteorologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.