Efeito Kondo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
No ouro, por exemplo, quando exposto a baixas temperaturas é detectável uma pequena quantidade de ferro e magnetricidade (carga magnética interagindo com a carga elétrica devido a colisões de elétrons)

Efeito Kondo é o aumento da resistividade devido à presença de impurezas magnéticas (íons com momento magnético) em alguns cristais, quando se abaixa a temperatura, a partir da vizinhança de um dado valor e que se deve a colisões de elétrons que conduzem a corrente com as impurezas acompanhadas de uma troca no sentido dos respectivos spins.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o portal:
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Efeito Kondo

Referências

  1. RODITI, ITZHAK, Instituto Antonio Houaiss / Dicionário Houaiss de física, editora Objetiva. (livro) (em português) editora Objetiva. Visitado em 14 de dezembro de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.