Efeito Paul Bert

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Efeito Paul Bert
Entre 1942 e 1943, o governo britânico realizou vários testes sobre a toxicidade do oxigênio em mergulhadores. A câmara é pressurizada com air até 3,7 bars. O indivíduo ao centro está respirando 100% de oxigênio por meio de uma máscara.[1]
Classificação e recursos externos
CID-10 T59.8
CID-9 987.8
MeSH D018496
Star of life caution.svg Aviso médico

O efeito Paul Bert descreve a toxicidade do oxigénio a pressões hiperbáricas, presentes nos vôos espaciais. Leva o nome do fisiologista francês Paul Bert, que recebeu o prémio da Académie des Sciences em 1875 pelas suas investigações sobre os efeitos fisiológicos da pressão do ar, acima e abaixo da pressão normal.

Referências

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • Donald, Kenneth W.. (1947). "Oxygen poisoning in man—part I". British Medical Journal 1 (4506): 667–72. DOI:10.1136/bmj.1.4506.667.
  • Paul Bert : précurseur de la médecine des mers et des airs, W Rostène, Pour la Science, 2006, 346, p 7-11
Ícone de esboço Este artigo sobre Fisiologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.