Efeito Pockels

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

O Efeito Pockels, ou Efeito Pockels electro-óptico, é a produção de birrefringência em um meio óptico induzida por um campo elétrico lentamente variável. É distinto do efeito Kerr pelo fato de que a birrefringência é proporcional ao campo elétrico, ao passo que no efeito Kerr a birrefringência é proporcional ao quadrado do campo elétrico. O efeito Pockels ocorre somente em cristais que não tenham simetria de inversão (não centro-simétricos), tais como o niobato de lítio ou o arsenieto de gálio.

O efeito Pockels é usado na construção de células de Pockels, que são placas de onda controladas por tensão. Em associação com um polarizador, estas podem ser usadas para criar obturadores super rápidos, que podem alternar entre condução e bloqueio da luz em intervalos de nanosegundos. Estas combinações de dispositivos são usadas em uma variedade de aplicações técnicas e científicas.

As células de Pockels são usados para quantum key distribution ao usarem o efeito Pockels para polarizar a luz.

As células de Pockels também podem ser usadas para modulação em fase um raio laser incidente. Quando um campo elétrico senoidal é aplicado a este material birrefringente, o raio incidente é modulado em fase em relação ao campo variável E.

Friedrich Carl Alwin Pockels estudou o efeito, que leva o seu nome, em 1893.

Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.