Effy Stonem

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Effy Stonem
Outro(s) nome(s) Elizabeth Stonem (nome de nascimento)
Idade entre 15/16/17 anos
Sexo Feminino
Família Jim Stonem (pai)

Anthea Stonem (mãe) Tony Stonem (irmão) David Stonem (avô)

Criado por Bryan Elsley e Jamie Brittain
Interpretado por Kaya Scodelario
Projecto Cinema  · Portal Cinema

Elizabeth "Effy" Stonem é um personagem fictícia da série de TV Skins, interpretada por Kaya Scodelario. A personagem principal aparece em todas as quatro primeiras temporadas da série e volta em 2013 para a 7ª (e última) temporada. Kaya Scodelario foi incluído na Entertainment Weekly's 2009, "Summer Must List" sendo nomeado como "Summer's Must Bad Girl" por sua interpretação de Effy.

Caracterização[editar | editar código-fonte]

Effy é a irmã delinqüente de Tony, e talvez ela seja a única pessoa com quem ele realmente se preocupa. Tony parece ter muito orgulho de sua irmã, que saia escondida de casa à noite para ir à boates, festas e fazer sexo, com sua ajuda em várias ocasiões para enganar seus pais. O site oficial da série a caracteriza como sendo "açúcar e tempero de todas as coisas boas". Effy raramente fala na primeira temporada, com destaque para o oitavo episódio "Effy" que ela sofre uma overdose, e se descreve como se sente em relação aos outros, e lamenta:

"Às vezes eu penso que eu nasci para trás... você sabe, sair da minha mãe pelo caminho errado. Eu ouço palavras que vão passando por trás dos meus ouvidos. As pessoas que eu deveria amar eu odeio, e as que eu deveria odiar eu as amo..."

Tony comenta sarcasticamente que ela deveria ganhar dinheiro para ficar em silêncio já que ela quase sempre não fala nada, e quando perguntado por Michelle porque ela nunca fala, ela simplesmente não lhe responde. Depois que Tony sofre um acidente quase fatal no final da primeira temporada, Effy começa a falar mais. Silenciosa, manipuladora e muito observadora, Effy mostrou que pode ser muito pior do que seu irmão Tony, Apesar de ser muito solitária. Effy tem problemas com drogas e bebidas.

Na segunda geração, ou seja, na terceira temporada na qual ela também participa, seu irmão Tony tem ido para faculdade. As coisas mudaram, Effy tem falado mais, e como todo sentido de série, partindo o coração dos garotinhos. Effy partiu da primeira geração, garota calada e quieta, para segunda como vadia sarcástica e manipuladora.