El conde Lucanor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Books-aj.svg aj ashton 01.png A Wikipédia possui o
Portal de Literatura

El conde Lucanor é uma obra narrativa espanhola medieval escrita entre 1330 e 1335 pelo infante Dom João Manuel de Castela[1] . Seu título completo em castelhano medieval é Libro de los enxiemplos del Conde Lucanor et de Patronio (Livro dos exemplos do conde de Lucanor e de Patronio).

É composto de cinco partes; a mais conhecida de todas é uma série de 51 exempla ou contos moralizantes tomados de várias fontes, como Esopo e outros clássicos, bem como de contos tradicionais árabes. A História do deão de Santiago e o mago de Toledo (conto XI[2] ) tem semelhanças com contos tradicionais japonses, e a História de uma mulher chamada dona Truhana (conto VII[3] ) - o Conto da leiteira, mas ligeiramente modificado - foi identificado por Max Müller como originado no ciclo hindu Panchatantra.

Referências

  1. Vicedo, Juan, Introducción a «El Conde Lucanor, Alicante, Biblioteca Virtual Miguel de Cervantes, 2004; em espanhol.
  2. Lo que sucedió a un deán de Santiago con don Illán, el mago de Toledo, em espanhol.
  3. Lo que sucedió a una mujer que se llamaba doña Truhana, em espanhol.
Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.