Electric

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Electric
Álbum de estúdio de The Cult
Lançamento 6 de Abril de 1987
Gravação Electric Lady Studios,
Estados Unidos Nova Iorque[1]
Gênero(s) Hard Rock
Duração 38:51
Formato(s) CD
Gravadora(s) Beggars Banquet Records, Sire
Produção Rick Rubin
Cronologia de The Cult
Último
Último
Love
(1985)
Sonic Temple
(1989)
Próximo
Próximo
Singles de Electric
  1. "Love Removal Machine"
  2. "Lil' Devil"
  3. "Wild Flower"
Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
AllMusic 4.5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar half.svg [2]
Rolling Stone (médio) link
Robert Christgau B+[3]

Electric é o terceiro álbum da banda britânica The Cult, lançado em Abril de 1987.

Electric marcou uma mudança deliberada de estilo de uma banda de rock gótico para uma de hard rock. Rick Rubin, o produtor de Electric, foi contratado para refazer o som da banda, num esforço para capitalizar e acompanhar a popularidade de hard rock e heavy metal na década de 1980. O álbum foi apresentado no livro 1001 Albums You Must Hear Before You Die (pt.: 1001 Álbuns que Tem de Ouvir Antes de Morrer).

Em 2013, o álbum foi relançado como um CD duplo, sob o título Electric Peace, com um disco com o álbum original e o segundo contendo o álbum Peace gravado durante as "Manor Sessions".

Produção[editar | editar código-fonte]

Após o sucesso do seu segundo álbum, Love, a banda começou a trabalhar num novo álbum com o produtor Steve Brown. No verão de 1986, gravaram doze faixas no estúdio Manor, em Oxfordshire. Estas "Manor Sessions" (nome pelo qual ficaram conhecidas), foram a base de um novo álbum, provisoriamente intitulado Peace. No entanto, no final das sessões de gravação, a banda não estava satisfeita com o som, e começaram a procurar um novo produtor. A banda acabou por escolher Rick Rubin,[1] conhecido por produzir álbuns para artistas de hip hop, como os Beastie Boys, e para a banda de trash metal Slayer. Com uma pequena diferença na ordem das faixas, essas novas gravações tornaram-se no álbum Electric.[2]

Apesar de todas as doze faixas das "Manor Sessions" terem sido retiradas inicialmente, quatro delas iriam se transformar em lados B de singles de Electric. Cinco delas (Love Removal Machine / Wild Flower / Electric Ocean / Outlaw / Bad Fun) apareceram numa edição limitada em EP - The Manor Sessions. Eventualmente, com o lançamento de Rare Cult em 2000, o resto do álbum de inéditos produzidos por Steve Brown foi disponibilizado.[4] Em 2013 todas as canções foram finalmente disponibilizadas para o grande publico, como parte do álbum duplo Electric Peace.[1] [5]

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as canções escritas por Ian Astbury e Billy Duffy, excepto quando anotado.

  1. "Wild Flower" – 3:39
  2. "Peace Dog" – 3:35
  3. "Lil' Devil" – 2:48
  4. "Aphrodisiac Jacket" – 4:10
  5. "Electric Ocean" – 2:50
  6. "Bad Fun" – 3:33
  7. "King Contrary Man" – 3:32
  8. "Love Removal Machine" – 4:17
  9. "Born to Be Wild" (Mars Bonfire) – 3:55
  10. "Outlaw" – 2:52
  11. "Memphis Hip Shake" – 4:00

"Manor Sessions" / Peace[editar | editar código-fonte]

Todas as faixas aparecem em Rare Cult de 2000. Faixas 1, 2, 5, 6, e 10 aparecem primeiro em The Manor Sessions um EP de 1988. Faixas 7-9, e 11 foram Lados B e singles de Electric de 1987.

Love Removal Machine
Excerto de "Love Removal Machine", primeiro single, continua a ser o cartão de visita do álbum, outra canção numa série de singles de Cult instantaneamente cativantes.

Problemas para escutar este arquivo? Veja introdução à mídia.
  1. "Love Removal Machine"
  2. "Wild Flower"
  3. "Peace Dog"
  4. "Aphrodisiac Jacket"
  5. "Electric Ocean"
  6. "Bad Fun"
  7. "Conquistador"
  8. "Zap City"
  9. "Love Trooper"
  10. "Outlaw"
  11. "Groove Co."
  12. "Walk My Way"

Pessoal[editar | editar código-fonte]

Na cultura popular[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c Matt Diehl (19-9-2013). Rick Rubin, Ian Astbury Recall 1987 Sessions: 'New York Was on Fire' Rolling Stone. Página visitada em 27-12-2013.
  2. a b Allmusic
  3. Christgau, Robert (2-6- 1987). Consumer Guide 'The Village Voice'. Página visitada em 2012-08-11.
  4. blackmountainproject Discos Twenty Years - The Cult "Manor Sessions"
  5. AllMusic Guide - The Cult: Electric Peace AllMusic. Página visitada em 27-12-2013.
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de The Cult é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.