Elefenor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Elefenor, na mitologia grega, filho de Calcodonte[1] [2] [3] e Alcione (segundo Pseudo-Apolodoro)[2] ou de Calcodonte e Imonarete (segundo outras fontes),[4] foi o rei da Eubeia durante a Guerra de Troia,[1] [2] [3] para a qual ele levou quarenta navios.[2]

Seu avô [5] foi Abas, filho de Netuno e Aretusa,[6] o primeiro a reinar na Eubeia.[5] Abas teve dois filhos com Aglaia, Calcodonte e Canethus,[7] e foi morto, acidentalmente, por Elefenor, porque este viu o avô sendo conduzido com um escravo, que não o tratava com o devido cuidado, e, ao tentar acertar o escravo com um porrete, atingiu o avô, matando-o. Elefenor foi banido da Eubeia depois deste evento.[5]

Calcodonte, sucessor de seu pai Abas, derrotou os tebanos, obrigando-os a pagar um tributo anual, mas foi derrotado por Anfitrião, pai humano de Héracles. Calcodonte e sua esposa Imonarete tiveram dois filhos, Elefenor e Pyraechmes. Pyraechmes renovou a guerra contra Tebas, mas foi derrotado e capturado por Héracles, que o executou amarrando-o a cavalos e fazendo ele ser esquartejado.[4]

Elefenor recebeu os filhos de Teseu, [8] [9] segundo Pausânias, quando Menesteu foi colocado como rei de Atenas por Castor e Pólux [10] ou, segundo Plutarco, quando Teseu voltou do cativeiro da Molóssia sob Aidoneus e encontrou os atenienses em rebelião contra ele.[11]

Ele foi um dos pretendentes de Helena, a quem ofereceu vários presentes.[3]

Elefenor levou os filhos de Teseu para a Guerra de Troia, como cidadãos privados.[12] Ele foi morto na Guerra de Troia[13] [14] por Heitor.[14]

Referências

  1. a b Pausânias (geógrafo), Descrição da Grécia, 8.15.6 [em linha]
  2. a b c d Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, Epítome, 3.11 [em linha]
  3. a b c Hesíodo, Catálogo de Mulheres, fragmento Pretendentes de Helena, preservado em Berlin Papyri, No. 10560 [em linha]
  4. a b Frederick Guest Tomlins, A universal history of the nations of antiquity (...)
  5. a b c Isaque Tzetses, citado por Frederick Guest Tomlins, A universal history of the nations of antiquity: comprising a complete history of the Jews, from the creation to the present time : likewise an account of ancient Syria, Grecian islands, Persian empire, Armenia, Numidia, Ethiopia, Arabia, Scythia, the Celtes, &c. &c. &c. : to which are prefixed the various theories of creation, according to the most esteemed ancient and modern writers (1844) [google books]
  6. Higino, Fabulae, CLVII, Filhos de Netuno
  7. Homero e escólio de Apolônio, citado por Frederick Guest Tomlins, A universal history of the nations of antiquity (...)
  8. Pausânias (geógrafo), Descrição da Grécia, 1.17.6 [em linha]
  9. Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Teseu, 35.3 [em linha]
  10. Pausânias (geógrafo), Descrição da Grécia, 1.17.5
  11. Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Teseu, 35.2
  12. Plutarco, Vidas Paralelas, Vida de Teseu, 35.5
  13. Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, Epítome, 6.15b
  14. a b Dares da Frígia, A Queda de Troia, 21 [em linha]