Eleição para o Senado federal pela Flórida em 2010

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
2004 Estados Unidos 2016
Eleição para o senado da  Flórida em 2010
2 de novembro de 2010
Marco Rubio, Official Portrait, 112th Congress.jpg Charlie Crist official portrait crop.jpg Kendrick Meek, official portrait, 111th Congress.jpg
Candidato Marco Rubio Charlie Crist Kendrick Meek
Partido Republicano Independente Democrata
Votos 2.645.743 1.607.549 1.092.936
Porcentagem 48,89% 29,71% 20,20%
Florida Senatorial Election Results by County, 2010.svg
  Condados onde Rubio obteve maior votação
  Condados onde Crist obteve maior votação
  Condados onde Meek obteve maior votação


Senador

A eleição para o senado do estado americano da Flórida em 2010 aconteceu no dia 2 de novembro de 2010, simultaneamente às eleições para o Senado dos Estados Unidos em outros estados. O senador Mel Martinez em 2004, ganhou com 49% dos votos válidos. Martinez anunciou em 2 de dezembro de 2008 que não iria cocorrer a reeleição para o Senado. Em agosto de 2009, o governador Charlie Crist anunciou que iria nomear o seu antigo Chefe de Gabinete, George LeMieux, para ocupar a cadeira no Senado deixada por Martinez.

O governador Crist anunciou publicamente que estava concorendo para o senado em 2009. Na época, recebeu muito apoio dos republicanos. Em abril de 2010, Crist anunciou que iria abandonar o Partido Republicano e iria concorrer como independente. O Comitê Nacional Republicano do Senado retirou seu apoio a Crist e exigiu o reembolso dos fundos de sua campanha.[2] [3] O deputado Kendrick Meek foi o primeiro democrata a declarar a sua intenção de concorrer. Alexander Snitker será o primeiro membro do Partido Libertário para concorer a senador na história da Flórida. Bernie DeCastro é a primeira candidata ao senado pelo Partido Libertário.

Primária Democrata[editar | editar código-fonte]

Primária Democrata
Partido Candidato Votos %
Democrata Kendrick Meek 522.942 57,4%
Democrata Jeff Greene 283.370 31,1%
Democrata Glenn Burkett 59.575 6,5%
Democrata Maurice Ferre 44.506 4,9%
Total 910.393 100%
  Eleito

Primária Republicana[editar | editar código-fonte]

Primária Republicana
Partido Candidato Votos %
Republicano Marco Rubio 1.059.513 84,6%
Republicano William Kogut 111.584 8,9%
Republicano William Escoffery 81.873 6,5%
Total 1.252.970 100%
  Eleito

Resultados[editar | editar código-fonte]

Eleição para o senado da Flórida em 2010
Partido Candidato Votos %
Republicano Marco Rubio 2.615.262 48,9%
Independente Charlie Crist 1.588.821 29,7%
Democrata Kendrick Meek 1.076.028 20,1%
Libertário Alexander Snitker 24.276 0,46%
Independente Sue Askeland 12.071 0,30
Independente Rick Tyler 7.226 0,19%
Constituição Americana Bernie DeCastro 4.681 0,15%
Independente Lewis Jerome Armstrong 4.290 0,015%
Independente Bobbie Bean 2.647 0,08%
Independente Bruce Riggs 2.125 0,07%
votos válidos 5.337.427 100%
Inválido ou votos em branco
Total
  Eleito

Referências

  1. Election Map Fórida (em inglês) Politico. Visitado em 3 de novembro de 2010.
  2. "If Crist leaves party, GOP donors vow to take cash back". Washington Times. 29 de abril de 2010. http://www.washingtontimes.com/news/2010/apr/29/gop-donors-vow-to-take-cash-back-if-crist-leaves-p. Acessado em 14-6-2010.
  3. "Marco Rubio on Charlie Crist Party Switch in Florida Senate Race - ABC News". Abcnews.go.com. 18 de fevereiro de 2010. http://abcnews.go.com/Nightline/Politics/marco-rubio-charlie-crist-party-switch-florida-senate/story?id=10508166&page=2. Acessado em 14-6-2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre Eleições nos Estados Unidos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.